Huíla: Garantido reforço de acções de combate aos produtores de “liamba”

Os órgãos do Ministério do Interior vão intensificar as suas acções de combate às drogas, com o desmantelamento de lavras e hortas com plantações de cannabis, vulgo “liamba”, informou, hoje, sexta-feira, o comandante provincial da Policia Nacional, comissário Arnaldo Manuel Carlos.

A informação foi prestada à imprensa, por ocasião da actividade de incineração de drogas no município da Humpata, no âmbito das comemorações do dia internacional de combate ao tráfico e uso de drogas, que decorre sob o lema ” responsabilidade da Imprensa e associações estudantis no combate as drogas”.

O oficial esclareceu que o combate às drogas constitui uma prioridade dos órgãos do ministério do interior, tendo em conta as consequências nefastas que o seu consumo representa para sociedade.

“Analisando o perfil dos criminosos, principalmente aqueles que cometem crimes violentos, como violação, homicídios, ofensas corporais graveis, há um elemento catalisador que intervém em todos eles: o consumo de drogas, daí a nossa preocupação em combater este mal, pois desta forma entendemos estar a atacar as causas de grande parte dos crimes que ocorrem na nossa província”, frisou.

Arnaldo Manuel Carlos sublinhou que o município da Humpata, tendo em conta as suas características, tem referências de existirem muitos pontos de cultivo de drogas, fundamentalmente na zona da comuna de Bata-Bata, locais onde há plantas de cannabis, e no âmbito da acção que vão realizar, os que assim se procedem serão responsabilizados criminalmente.

Seiscentos e 17 quilogramas e 994 gramas de cannabis, assim como mil e 239 plantas do mesmo produto apreendidas no período de Junho de 2016 à presente data, na província da Huíla, foram hoje, sexta-feira, na Humpata, incineradas, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC). (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »