Empresários zambianos pretendem investir no Moxico

Uma delegação de empresários zambianos trabalha desde hoje, na cidade do Luena, para identificar possíveis áreas de investimentos na província do Moxico.

Composta por quatro empresários, a delegação vai permanecer três dias na província, promovendo palestra sobre “importação de material de construção”, “importação de bens alimentares e não alimentares”, “importação de produtos agrícolas”, “transporte e logística”, “agências de serviços de frente”.

Em declarações à Angop, o chefe da delegação zambiana, Félix Kaitisha, após visitar algumas instituições públicas ligadas ao comércio, disse que se pretende negociar com empresários locais, para, a partir do último trimestre do ano em curso e princípio de 2018, estabelecer-se parcerias.

A ideia, segundo o responsável, é realizarv um estudo do mercado para atrair outros empresários da Zâmbia a investir no Moxico.

Félix Kaitisha destacou a operacionalidade das vias terrestres, fluviais e, futuramente, a ferroviária, através do Caminho de Ferro de Benguela (CFB), para facilitar o processo de escoamento de produtos com celeridade e regularidade para as província do Moxico (Angola) e Senanga (Zâmbia).

A delegação de empresários visitou hoje as direcções provinciais do Moxico do comércio, hotelaria e turismo, agricultura, indústria, geologia e minas e dos transportes, correio e telecomunicações. (ANGOP)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »