Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Candidaturas para habitações do Estado iniciam dia seis de Julho

O processo de formalização de candidaturas para compra de habitações do Estado, na modalidade de venda ao público livre, nas centralidades de Capari (Bengo) e Km44, arranca no próximo dia seis de Julho, segundo uma nota de imprensa da empresa Imogestin chegada hoje à Angop.

Inicialmente previsto para última semana do mês em curso, refere a nota, razões de ordem técnica estiveram na base da alteração da data.

Para a venda nesta modalidade, o processo inicia com a formalização das candidaturas, via internet através portal www.imocandidaturas.co.ao lançado pela imogestin com o objectivo de facilitar os interessados em adquirir uma residência e conferir transparência no processo.

Por este facto, nesta primeira etapa do processo de comercialização, as candidaturas estão abertas a todas as pessoas interessadas no regime de venda livre, não servindo para função pública nem para venda dirigida para funcionários de grandes empresas públicas e privadas

Quando as candidaturas estiverem disponíveis na base de dados da imogestin, o candidato irá receber uma mensagem com a confirmação de que foi recebida e está sujeita a avaliação, obedecendo a um conjunto de procedimentos para sua validação.

Quanto aos preços das residências, estes estão fixados em kwanzas e registará um alargamento do regime da propriedade resolúvel para o segmento da venda ao publico livre.

Quanto às restantes centralidades espalhadas pelo país, o processo de comercialização vai decorrer no terceiro trimestre do ano em curso, devido à falta de conclusão das infra-estruturas externas destes projectos, tais como vias de acesso, energia e água.

Ao contrário do registado em 2012, neste novo processo de comercialização de habitações, a função pública terá uma quota de 40 porcento, a Venda Livre 30 porcento e Venda Dirigida também 30 porcento.

Além de Capari (Bengo) e KM44 (Luanda), a imogestin está a gerir as habitações nas centralidades do Zango 0 e Zango 8000, Praia Amélia no Namibe e 5 de Abril (Namibe), centralidade do Dundo (lunda Norte), 5 de Abril, Quilemba (Huíla), Baia Falta, Lobito, Luhongo (Benguela), 4 de Abril (Cabinda). (Angop)

1 comentário
  1. Manuel Diogo Diz

    esperar que sejam credíveis as vossas informações

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »