Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Huambo: Três em cada 100 pessoas infectadas com VIH/sida

Três em cada 100 habitantes da província do Huambo, entre crianças, jovens e adultos, vivem com sida, sendo os municípios do Huambo, Caála e Bailundo os mais afectados, disse ontem o supervisor do Programa de Luta Contra a Sida.

Euclides Chipalavela explicou que esta situação obriga as autoridades sanitárias da província do Huambo a redobrarem esforços, no sentido de se aumentarem as acções preventivas, principalmente no seio das mulheres grávidas, pois muitas delas furtam-se ainda em realizar testes de sida durante a gestação, optando por realizar partos em suas residências.

“Muitas mulheres em estado de gestação furtam-se em realizar testes voluntários de Sida e, como consequência, acabam por contaminar os seus bebés, facto que facilmente podia ser evitado”, sublinhou o supervisor do Programa de Luta contra a Sida.

Euclides Chipalavela disse que este ano o Programa de Luta contra Sida na província do Huambo prevê reforçar os serviços de testagem voluntária, em todas as unidades sanitárias, bem como a criação de brigadas móveis, além de campanhas de sensibilização, com palestras nas comunidades, demonstrações e distribuição de panfletos e outros materiais informativos.

“Gostava de aconselhar, sobretudo a juventude, que do ponto de vista estatístico é a camada mais afectada, que tivesse em conta a existência do HIV/Sida como algo factual e dotar-se de todas as medidas preventivas e necessárias para evitar a contaminação”, pediu o supervisor do Programa de Luta contra a Sida na província do Huambo, Euclides Chipalavela.

O activista social António Cardoso Dinis, um dos participantes no encontro com os gestores e parceiros ligados ao sector, apelou aos jovens da região a observarem as medidas de prevenção da doença e apontou a necessidade das famílias dialogarem mais sobre o assunto e a participarem em sessões de sensibilização levadas a cabo pelas instituições de luta contra a doença.

O responsável da Associação dos Jovens Unidos pela Vida, Renato Nassoma, afirmou que muitas pessoas seropositivas estão a infectar outras propositadamente e lamentou este tipo de conduta, considerando os elementos que assim se portam de anti-sociais, que merecem repúdio massivo: “Os números de casos diagnosticados podem subir nos próximos tempos, tudo porque muitos doentes abandonam o tratamento ainda na fase inicial e outros são incitados pelos próprios familiares a não se deslocarem às unidades sanitárias.

Anti-retrovirais

No primeiro trimestre deste ano as autoridades sanitárias registaram mais de mil casos, dos quais 39 resultaram em óbitos. No mesmo período realizaram-se 4.025 testes voluntários, dos quais 1.046 com resultados positivos.
O supervisor provincial do Programa de Luta contra Sida garantiu que existem anti-retrovirais em todas as unidades sanitárias.

Euclides Chipalavela acrescentou que a situação está a preocupar as autoridades e toda a sociedade da província, por afectar maioritariamente jovens, que constituem a maior força de trabalho e impulsionadora do desenvolvimento económico da província, em particular, e do país em geral.

A Associação dos Amigos Seropositivos distribuiu em Maio 1.700 preservativos, no âmbito do programa do Executivo de luta contra a doença e centenas de técnicos de saúde pública foram capacitados para garantir o êxito desta luta.
A formadora Eunice Chicosse garantiu que o sector da saúde a nível da província vai continuar a desenvolver esforços no sentido de expandir os métodos de diagnóstico e prevenção da doença em todas as unidades sanitárias da região.
O primeiro caso de VIH/Sida foi registado em 1990 no Hospital Central do Huambo. (Jornal de Angola)

por Justino Vitorino

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »