Radio Calema
InícioGovernos ProvinciaisGoverno Provincial da Lunda-NorteConflito no Congo aumenta número de crianças refugiadas

Conflito no Congo aumenta número de crianças refugiadas

O conflito político e tribal que se regista nas províncias do Kassai e Kassai Central, na República Democrática do Congo, tem vindo a provocar elevado número de crianças refugiadas daquele país para o território nacional, afirmou nesta sexta-feira, no Dundo, o governador da província da Lunda Norte, Ernesto Muangala.

O governante falava no acto das comemorações do 16 de Junho, Dia da Criança Africana, testemunhado pela secretária de Estado para Reinserção Social, Ana Paula Correia Vítor.

Explicou que as famílias abandonaram os seus locais de residências e refugiaram-se para a província da Lunda Norte e algumas dessas crianças, em número considerável, não foram acompanhadas dos seus pais.

Garantiu que as 13 mil 291 crianças da República Democrática do Congo que se encontram na condição de refugiadas, na província, devem sentir-se como se estivessem no seu país, sublinhando que em Angola reina a paz, harmonia e solidariedade.

“As crianças da República Democrática do Congo e as crianças angolanas têm garantida a defesa dos seus direitos fundamentais, na medida em que o governo da Lunda Norte observa escrupulosamente o cumprimento dos 11 compromissos da criança”, reiterou.

Disse que as autoridades angolanas auguram, o mais cedo possível, o fim do conflito reinante na RDC para que as crianças congolesas refugiadas na província da Lunda Norte e suas famílias possam regressar ao seu país. (ANGOP)

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.