- Publicidade-
InicioGovernos ProvinciaisGoverno Provincial do BiéBié: Governador repudia persistência de cidadãos em conviver sem o perdão

Bié: Governador repudia persistência de cidadãos em conviver sem o perdão

O governador da província do Bié, Álvaro Manuel de Boavida Neto, repudiou hoje, quarta-feira, na cidade do Cuito, os cidadãos que em 15 anos paz no país, ainda continuam sem perdão ao próximo, tendo apelado para o efeito, a necessidade de reverter tal situação.

Em declarações por ocasião do dia da paz em Angola, assinalado nesta terça-feira em todo país, o governante que lamentou o facto, afirmou que tal atitude em nada contribui para o processo de unidade e reconciliação nacional, implementada pelo Executivo.

Álvaro Manuel de Boavida Neto solicita no entanto, o contínuo contributo das Igrejas para a pacificação dos espíritos dos cidadãos, apelando a imperiosidade de se cultivar no seio das famílias e, não só, o sentimento de perdão com vista a reduzir os males que se verificam na sociedade.

Entretanto, o reverendo da IEIA (Igreja Evangélica dos Irmãos em Angola), Hermenegildo Pinto, continua a defender a necessidade dos cristãos abdicarem do ódio, inveja, calúnia, idolatria, uso de bebidas alcoólicas, tabagismo, entre outros males, porquanto estes, não dignificarem a conduta de um crente.

Hermenegildo Pinto apelou ainda para a imperiosidade dos líderes religiosos pregarem à verdade sobre o Evangelho de Jesus Cristo, com vista a conquistar as pessoas a converterem-se e consequentemente contribuírem na pacificação de espíritos.

Solicita às populações a fim de conservarem à Paz, sendo este um dos maiores ganhos que o país tem, reforçando a responsabilidade dos cristãos, no sentido de se evitar o recurso à guerra. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.