Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Angola Cables apresenta no Brasil circuitos de telecomunicações

António Nunes - Presidente do Conselho Executivo da Angola Cables (Foto: Fernando Mateus)

A empresa Angola Cables apresenta hoje e quarta-feira, no Capacity Latam, no Rio de Janeiro, a sua visão e experiência de telecomunicações no domínio dos circuitos internacionais de telecomunicações.

De acordo com uma nota da Angola Cables a que a Angop teve hoje acesso, durante os dois dias estas experiências serão partilhadas no maior evento do sector na América Latina.

Lê-se no documento que para construir os sistemas de cabos submarinos de fibra óptica, que vão ligar o continente africano aos maiores centros de produção de conteúdos e serviços digitais, foi necessário investimentos nos terminais dos cabos, sobretudo o SACS e o Monet, no Brasil e Estados Unidos da América, respectivamente.

Esse investimento, além dos benefícios para Angola e o continente africano, está a impactar positivamente sobre as telecomunicações na região da América Latina, atraindo para aquele mercado grandes empresas como a Amazon, facto que está a tornar a multinacional angolana um dos operadores mais relevantes no sector a nível da região.

Na nota, o presidente do Conselho Executivo da Angola Cables, António Nunes, diz que o posicionamento da Angola Cables neste mercado tem grandes vantagens para o país, partindo do princípio que o Brasil, onde está a ser construído um data center e duas estações de cabos submarinos, além de ser um importante ponto de produção de conteúdos, funciona como um agregador e distribuidor de tráfego.

“Estando ligados ao Brasil e aos Estados Unidos da América, temos acesso rápido e directo aos conteúdos disponíveis nesses mercados. E para a América Latina, os nossos circuitos passam a ser a rota mais rápida para aceder aos conteúdos, produtos e serviços digitais alojados na Ásia” – refere António Nunes

A Angola Cables é responsável pela gestão e desenvolvimento do WACS (West Africa Cable System) e pela disponibilização de capacidade de transmissão internacional a operadores de telecomunicações com o objectivo de aumentar a interligação entre Angola e o mundo. (Angop)

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »