- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Huíla: Governo admite penalizações para manter vendedores nos mercados

Huíla: Governo admite penalizações para manter vendedores nos mercados

O governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipinge, advertiu hoje, quarta-feira, as vendedoras cadastradas nos mercados municipais do Lubango e que optaram pelo comércio ambulante, a regressarem sob pena de serem penalizadas com a retirada das licenças.

Num encontro com vendedoras do mercado da Lage, arredores do Lubango, para avaliar o absentismo que se regista, o governante fez saber que o Estado gastou valores altos na construção e reabilitação de mercados e não se admite que os mesmos sejam abandonados.

“ As pessoas estão a fugir destes mercados e não sabemos porque. Nos pediram que reabilitássemos os mercados e os mesmos em vez de estarem a render apenas estão a prejudicar, porque as beneficiárias estão nas ruas a vender os produtos”, realçou.

Pediu às vendedoras mais humildade, rigor e organização nas suas actividades, para que haja o desenvolvimento.

Disse ser preciso que haja disciplina no sector comercial, quer rural quer informal, pois o Lubango tem se tornado uma capital “vandalizada”, onde comerciantes de telemóveis, roupas e de outros produtos, vindos de outras regiões, fazem as suas actividades sem controlo.

Garantiu que o governo da Huíla, através dos órgãos da polícia nacional, vai trabalhar no sentido de retirar aqueles comerciantes que ainda persistem em desestabilizar a economia do país, vendendo produtos ilegalmente.

O mercado municipal da Lage “ Camarada Sorte”, localizado num dos bairros nobres do centro da cidade do Lubango, tem a capacidade para 230 pancadas e neste momento é ocupado por 130 vendedoras, na sua maioria peixeiras.

O mesmo beneficiou, em 2014, de obras de reabilitação e ampliação que custaram mais de 150 milhões de kwanzas, aos cofres do Estado.

A par do mercado municipal da Lage, o Lubango conta ainda com o do Comercial, Mutundo, Tchitundo, entre outros rurais. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -

Activos recuperados são “tóxicos” para os cofres públicos

Parte significativa dos activos constituídos com fundos públicos que estão a ser recuperados pelo Executivo são considerados tóxicos, segundo especialistas ouvidos pelo Expansão, já...
- Publicidade -

Melania levará 50 milhões pelo divórcio

Com Donald Trump fora da Casa Branca, a mulher do Presidente está a contar os minutos para acabar com o casamento, que há muito...

Afreximbank em alta, depois da crise

Sob a liderança de Benedict Oramah, reeleito como seu presidente em Junho, o banco pan-africano conseguiu desenvolver novos instrumentos para se adaptar à nova...

UNITA defende conclusão do pacote legislativo autárquico

A Comissão Política da UNITA defendeu a conclusão da aprovação do Pacote Legislativo Autárquico até ao final do corrente ano, no quadro da preparação...

Notícias relacionadas

Activos recuperados são “tóxicos” para os cofres públicos

Parte significativa dos activos constituídos com fundos públicos que estão a ser recuperados pelo Executivo são considerados tóxicos, segundo especialistas ouvidos pelo Expansão, já...

Melania levará 50 milhões pelo divórcio

Com Donald Trump fora da Casa Branca, a mulher do Presidente está a contar os minutos para acabar com o casamento, que há muito...

Afreximbank em alta, depois da crise

Sob a liderança de Benedict Oramah, reeleito como seu presidente em Junho, o banco pan-africano conseguiu desenvolver novos instrumentos para se adaptar à nova...

UNITA defende conclusão do pacote legislativo autárquico

A Comissão Política da UNITA defendeu a conclusão da aprovação do Pacote Legislativo Autárquico até ao final do corrente ano, no quadro da preparação...

Covid-19 faz 124ª morte em Moçambique

A pandemia da COVID-19 voltou a fazer uma vítima mortal na cidade de Maputo. Trata-se de um moçambicano de 40 anos de idade, que...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.