Destruídos paióis de explosivos encontrados nos arredores do aeroporto de Menongue

Dois paióis de engenhos explosivos não detonados encontrados nos arredores do aeroporto Comandante Cuenha, em Menongue, província do Cuando Cubango, foram destruídas sexta-feira, na localidade do Dumbo, pela Brigada de Desminagem de Engenharia Militar das Forças Armadas Angolanas (FAA).

Em declarações à imprensa no final do acto de demolição, o chefe de repartição de engenharia e infra-estruturas da V Divisão de Infantaria da Região Militar Sul, Coronel Armando Freitas Cassamba, informou que a descoberta do referido paiol é resultado da participação da população, que tão logo deparou-se com objectos estranhos informou às autoridades militares.

O oficial informou que de Janeiro a Julho do corrente ano foram destruídas cinco toneladas de diversos meios explosivos ao redor da cidade de Menongue, num perímetro de cinco mil e 485 hectares.

Dentre os engenhos removidos e destruídos, destaca-se 53 projecteis de 50mm, 14 projecteis de castores, 49 de 82 mm, 62 de 60mm, sete de RPG7, dezanove armas F1, 37 projecteis de voge 25, 535 granadas de voge AG17 e três mil e 450 munições de diversos calibres.

O Coronel Armando Freitas Cassamba realçou que nas suas acções, a Brigada de Desminagem das FAA realizou trabalhos de desminagem nas áreas do Missombo, Cuenha, e neste momento está a desenvolver acções no Cuito Cuanavale, onde existem duas brigadas das FAA e uma do Instituto Nacional de Desminagem (INAD).

Apelou a população no sentido de manter-se atenta, uma vez que ainda existem objectos idênticos a brinquedos, mas que na verdade são engenhos explosivos.

A administradora municipal adjunta de Menongue para a esfera económica, Felistance Hossi Brunice Armando, disse, na ocasião, que a actividade representa um benefício bastante significativo para a população, uma vez que vai permitir a livre circulação de pessoas e bens e a prática da agricultura, bem como a implementação de equipamentos sociais.

A responsóvel adiantou que a administração, através da Direcção Municipal dos Assuntos Sociais, tem um programa de sensibilização contra os riscos de minas destinado à população. (ANGOP)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »