Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Cuanza Sul: Mais de mil 500 ex-militantes da Unita e Casa-CE aderem ao MPLA

Mil e 705 cidadãos que militaram no partido Unita, no município de Cassongue e na comuna da Amboiva (Seles), província do Cuanza Sul, renunciaram sábado as anteriores fileiras partidárias e ingressaram ao MPLA, em acto presidido pelo primeiro secretário do comité provincial, Eusébio de Brito Teixeira.

O ingresso massivo dos ex-militantes da Unita e Casa-CE ocorreu na comuna da Amboiva e vila de Cassongue.

Na declaração de renúncia, os ex-militantes da Unita e Casa- CE referiram que tomaram esta posição de livre vontade por considerarem a política desenvolvida por estas formações como sendo baseada no tribalismo, regionalismo e na mentira.

“Nós escolhemos a via de ingressar ao MPLA porque estamos cansados com uma política caduca que só professa mentira, tribalismo, regionalismo” lê-se na declaração da renúncia.

Os novos militantes que ingressaram no MPLA reafirmaram a sua fidelidade ao partido no poder por considerarem ser uma força política capaz de congregar os angolanos, de Cabinda ao Cunene, e com vocação para materializar os anseios de todos os filhos desta pátria.

O primeiro secretário do comité provincial do Cuanza Sul do MPLA, Eusébio de Brito Teixeira, afirmou que o “acto reveste-se de um significado histórico e especial”, por ser o quarto do género a acontecer na província.

Eusébio de Brito garantiu, perante a multidão presente, que o MPLA tem as portas abertas para receber todos quantos abracem o programa do seu partido e anunciou a continuação de cerimónias de ingresso de novos militantes em todos os municípios do Cuanza Sul.

Eusébio de Brito Teixeira felicitou estes cidadãos por terem ingressado no MPLA, tendo salientado que o seu partido continua de braços abertos para receber todos os angolanos que, sob a sua bandeira e em torno do seu líder, José Eduardo dos Santos, queiram contribuir para a coesão nacional e na reconstrução do país.

“Depois de muitos anos de meditação e reflexão e de estudo dos documentos fundamentais do MPLA, estes homens e mulheres juraram fidelidade à bandeira do MPLA e ao camarada Presidente José Eduardo dos Santos, traduzindo-se num virar da página, rumo à prosperidade”, disse o dirigente do MPLA no Cuanza Sul.

Aos novos militantes ingressados, Eusébio de Brito Teixeira reiterou que “as regras de democracia interna no MPLA determinam a prática da liberdade dos debates, do respeito pelas liberdades, pelos direitos e pelas garantias fundamentais consagradas na Constituição”.

A actividade contou ainda com um sessão musico-cultural, com destaque para as actuações dos músicos Bessa Teixeira e Justino Handanga. (ANGOP)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »