Portal de Angola
Informação ao minuto

Chinês declara-se culpado de hackear empresas de defesa dos EUA

O cidadão chinês Su Bin, de 50 anos, declarou-se culpado nesta quarta-feira de piratear segredos industriais de empresas de defesa contratadas pelos Estados Unidos, incluindo planos de jatos de transporte e combate - informou o governo (AFP)

O cidadão chinês Su Bin, de 50 anos, declarou-se culpado nesta quarta-feira de piratear segredos industriais de empresas de defesa contratadas pelos Estados Unidos, incluindo planos de jactos de transporte e combate – informou o governo.

Bin foi acusado em uma sentença de 2014 de hackear as redes de computadores da Boeing e de outras empresas, como parte de um esquema para roubar informação sobre os jactos de combate F-22 e F-35 e sobre o avião de transporte C-17. (AFP)

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »