Novo Banco: “calote aos privados” é sinal positivo para contribuintes

Daniel Oliveira defende que têm de ser os investidores a pagar pelos seus erros.

Um calote aos privados é menos grave do que um assalto aos contribuintes’. É este o título da crónica desta segunda-feira de Daniel Oliveira na edição desta segunda-feira do Expresso Diário, em que elogia a decisão do Estado an resolução do Novo Banco.

O jornalista considera que tentar pagar os erros dos accionistas do Novo Banco com o dinheiro dos contribuintes “é um assalto”, pois “ao contrário dos privados, os contribuintes nunca ganhariam nada com um investimento que não fizeram” e “não podem assumir qualquer risco por decisões que não tomaram”.

Por isto, considera que a “decisão tomada pelo governo em relação ao Novo Banco é um sinal positivo” e um “sinal de que o poder político começa finalmente a reagir ao cansaço dos cidadãos”.

“São investidores que têm de correr riscos, assim como são eles que recolhem os lucros”, conclui. (Noticias ao Minuto)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »