Estado Islâmico liberta 270 das 400 pessoas que havia sequestrado na Síria

O Estado Islâmico libertou de suas prisões 270 pessoas dos 400 civis, a maioria mulheres e crianças, que havia sequestrado quando seus combatentes atacaram no sábado áreas controladas pelo governo na cidade de Deir al-Zor, no leste da Síria, informou um grupo que monitoriza a situação no país.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos disse que o grupo extremista havia sequestrado outras 50 pessoas na terça-feira durante invasões de casas em regiões da cidade que ocupou depois de quatro dias de combates. (REUTERS)

por Mariam Karouny

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »