Ler Agora:
Huambo: Saúde discute proposta de elaboração do plano de eliminação da malária
Artigo completo 2 minutos de leitura

Huambo: Saúde discute proposta de elaboração do plano de eliminação da malária

Os membros do conselho consultivo da direcção da Saúde na província do Huambo começaram, segunda-feira, a analisar a proposta de elaboração do plano local para a pré-eliminação da malária (2016/2017), no quadro das políticas do Governo, assentes na melhoria das condições de vida e do bem-estar da população.

Durante a reunião, que conta com a presença do coordenador nacional adjunto do programa de combate à malária, Rafael Dimbo, foram apresentados os resultados da avaliação da situação da malária nesta região.

O director local da Saúde, Frederico João Carlos Juliana, disse, na abertura do 10º conselho consultivo, que encerra na quarta-feira, disse que a malária é problema sério de saúde pública no país, cuja erradicação exige o envolvimentos de todos os técnicos do sector, quanto à prevenção, diagnóstico, tratamento e sensibilização da população.

Explicou que o evento visa discutir e aprovar o plano de pré-eliminação da malária 2016/2017 e, posteriormente, traçar o plano de eliminação da doença 2019/2025, no quadro do plano nacional de desenvolvimento sanitário, que visa conferir maior dignidade aos cidadãos.

O combate à malária na província do Huambo, segundo Frederico João Carlos Juliana, tem sido um esforço muito grande nos últimos sete anos, estando, neste momento, a ostentar o título de melhor região do país quanto à eliminação da epidemia provocada pela picada do mosquito.

Fruto destes esforços, lembrou, em 2013 a província recebeu um certificado de mérito, atribuído pelo ministro da Saúde, José Viera Dias Van-Dúnem. O mesmo certificado, segundo o director da Saúde, surge depois das autoridades sanitárias locais terem reduzido 90 porcento dos casos de malária e 92 porcento de óbitos.

Ainda fruto deste esforço de combate à malária, Frederico João Carlos Juliana, disse que em a província do Huambo participou, em 2012, na conferência internacional de combate desta doença, decorrida nos Estados Unidos da América. (ANGOP)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »