Cabinda: Dez mil mulheres beneficiam do Cartão Kicuia

Rosa Pacavira - Ministra do Comercio (Foto: Cortesia do JA a Angop)
Rosa Pacavira – Ministra do Comercio (Foto: Cortesia do JA a Angop)

Dez mil mulheres da província de Cabinda em idade produtiva beneficiaram receberam, sábado, o cartão Kikuia, no âmbito do Programa Ajuda Pelo Trabalho (Proajuda).

O acto, decorrido no pavilhão multi-uso do Tafe, nesta cidade, foi orientado pela ministra do Comércio, Rosa Pacavira, em alusão ao 17 de Outubro, “Dia Internacional da Erradicação da Pobreza”.

Na ocasião, a ministra explicou que as beneficiárias poderão com o cartão Kikuia ir a uma loja abastecer-se com bens essências de primeira necessidade.

O cartão, prosseguiu, só é entregue à senhoras que estão inseridas num trabalho produtivo, como lavandeiras, zungueiras, peixeiras, quitandeiras, camponesas, costureiras, dentre outras actividades socialmente úteis.

Salientou que a entrega do referido cartão dá seguimento a uma orientação de 2014 do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, de modo que as mulheres principalmente do meio rural e da periferia tivessem acesso a um complemento das suas economias domésticas.

“Assim foi criado o Proajuda para que através do cartão kicuia, que tem o valor de dez mil kwanzas, possam ir a uma loja e comprar comida, vestuário, sementes, caderno, leite, peixe, carne e pão para os filhos”, esclareceu.

De acordo com a ministra do comércio, actualmente o Proajuda beneficia mais de 61 mil mulheres com um agregado de cerca de 366 mil pessoas, numa média de seis filhos por cada casa. (portalangop.co.ao)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »