- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Angola vai patrocinar reunião do Conselho de Segurança sobre a fome

Angola vai patrocinar reunião do Conselho de Segurança sobre a fome

Conselho de Segurança da ONU (AP)
Conselho de Segurança da ONU (AP)

O director do Fundo das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) José Graziano Silva diz estar a trabalhar com Angola para se organizar uma sessão especial do Conselho de Segurança da ONU no próximo ano sobre a fome no mundo.

Essa sessão poderá realizar-se durante a presidência de Angola do Conselho de Segurança, do qual faz actualmente parte.

Graziano Silva disse à Rádio das Nações Unidas que um dos maiores desafios para se eliminar a fome no mundo é resolver conflitos em vários países.

Ele afirmou que Angola é um exemplo de como a paz é necessária para se combater a fome.

“Uma vez alcançada a paz depois da guerra civil, Angola progrediu e rapidamente alcançou o primeiro objectivo do milénio de reduzir a metade o número de pessoas com fome apesar da herança da guerra”, disse.

Por isso, o brasileiro que lidera a FAO quer que Angola patrocine essa discussão no Conselho de Segurança e “a FAO deve proporcionar todos os elementos técnicos para respaldar essa ideia e apontar quais países nós poderíamos rapidamente alcançar na erradicação da fome se tivéssemos paz”. (voa.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Potencial petrolífero é de 40 mil milhões de dólares

As empresas angolanas do sector petrolífero apenas aproveitam cerca de 10 por cento do potencial estimado em 40 mil milhões de dólares que a...
- Publicidade -

França quer punir delito de “ecocídio”

Proposta apoiada pelo governo prevê pena de até dez anos de prisão e multa de até 4,5 milhões de euros para quem causar danos...

Burkina Faso: Jihadistas impedem o voto de 300 mil eleitores

As eleições presidenciais e legislativas no Burkina Faso tiveram lugar num contexto de ameaças de grupos radicais islâmicos. Não houve registo de violência na...

Obras do novo Aeroporto Internacional de Luanda retomadas em Janeiro de 2021 e sem financiamento adicional, garante ministro dos Transportes

As obras do novo aeroporto internacional de Luanda vão ser retomadas no princípio de 2021 e serão concluídas no prazo de dois anos, garantiu...

Notícias relacionadas

Potencial petrolífero é de 40 mil milhões de dólares

As empresas angolanas do sector petrolífero apenas aproveitam cerca de 10 por cento do potencial estimado em 40 mil milhões de dólares que a...

França quer punir delito de “ecocídio”

Proposta apoiada pelo governo prevê pena de até dez anos de prisão e multa de até 4,5 milhões de euros para quem causar danos...

Burkina Faso: Jihadistas impedem o voto de 300 mil eleitores

As eleições presidenciais e legislativas no Burkina Faso tiveram lugar num contexto de ameaças de grupos radicais islâmicos. Não houve registo de violência na...

Obras do novo Aeroporto Internacional de Luanda retomadas em Janeiro de 2021 e sem financiamento adicional, garante ministro dos Transportes

As obras do novo aeroporto internacional de Luanda vão ser retomadas no princípio de 2021 e serão concluídas no prazo de dois anos, garantiu...

Sonangol e Endiama serão parcialmente privatizadas até 2022

O Governo vai dispersar em bolsa uma parte das empresas petrolífera e diamantífera Sonangol e Endiama em 2021 ou no início de 2022, disse...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.