- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola As dificuldades de ser estudante universitário em Angola

As dificuldades de ser estudante universitário em Angola

(DPA)
(DPA)

Os estudantes queixam-se da falta de laboratórios em algumas universidades e da falta de livros, caros para os jovens. Sem falar das propinas e multas.

As dificuldades começam logo pela falta de livros, tanto nas universidades como nas livrarias angolanas. “Nas bibliotecas, não encontramos os livros que precisamos”, conta a estudante universitária Justina Vieira.

Os alunos dizem que chegam a gastar cerca de 300 dólares para adquirir um só livro.

“A maior parte do acervo bibliográfico é estrangeira e só conseguimos obter fora do país. Aqui, os livros são muito caros. Às vezes, compramos um livro pelo equivalente a cem euros, enquanto que no Brasil o preço ronda os cinco euros”, conta a estudante Isandra Capita.

Investigação é difícil

Por isso, fazer investigação torna-se mais difícil. Ainda para mais quando o acesso a fontes é dificultado.

Isandra Capita, estudante de Comunicação Social, conta que tentou fazer uma pesquisa sobre a Televisão Pública de Angola (TPA), mas nunca obteve resposta. “Enviámos uma carta, mas já passaram dois anos e até agora não nos responderam.”

Outro problema é a falta de laboratórios: “Não temos laboratórios de medicina nem para outras áreas de formação.”

Aumento no preço das propinas

Por causa da crise financeira que se vive em Angola, algumas universidades tentaram alterar o preço dos emolumentos. No entanto, a ideia não avançou em virtude da polémica que se levantou à volta do caso.

Quanto ao pagamento das propinas, os estudantes divergem no que concerne às tarifas praticadas.

O pagamento varia dependendo do curso e da instituição. Atualmente, os preços rondam os 175 euros e podem chegar aos 250, sem contar com as multas a pagar quando um estudante se atrasa no pagamento.

Isandra Capita não está muito preocupada com o valor das propinas. Mas Anselma Marino discorda: “Mensalmente, pago cerca de 175 euros, o que é muito caro para mim, porque o valor não é compatível com o meu salário”. Justina Vieira reclama das multas. Segundo ela, muito pesadas. (dw.de)

por Pedro Borralho (Luanda)

- Publicidade -
- Publicidade -

Polícia cubana detém activistas entrincheirados em protesto pela condenação de um colega

Seis membros do grupo San Isidro estavam em greve de fome Um grupo de artistas cubanos que estava entrincheirado há 10 dias numa casa do...
- Publicidade -

JLo: Propaganda e Culto da Personalidade

"João Lourenço: Contigo é Possível". Foi este o slogan escolhido pelo MPLA para uma intensa campanha nas redes sociais nos últimos dias. Vinha junto...

Trump admite deixar a Casa Branca se o Colégio Eleitoral votar em Joe Biden

Presidente reiterou "fraudes massivas" e disse que "somos um país do terceiro mundo" O Presidente americano Donald Trump disse que deixará a Casa Branca se...

Covid-19. Cuba anuncia duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos

Cuba anunciou quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projectos de vacinas contra a Covid-19, que aumentam para quatro o número de...

Notícias relacionadas

Polícia cubana detém activistas entrincheirados em protesto pela condenação de um colega

Seis membros do grupo San Isidro estavam em greve de fome Um grupo de artistas cubanos que estava entrincheirado há 10 dias numa casa do...

JLo: Propaganda e Culto da Personalidade

"João Lourenço: Contigo é Possível". Foi este o slogan escolhido pelo MPLA para uma intensa campanha nas redes sociais nos últimos dias. Vinha junto...

Trump admite deixar a Casa Branca se o Colégio Eleitoral votar em Joe Biden

Presidente reiterou "fraudes massivas" e disse que "somos um país do terceiro mundo" O Presidente americano Donald Trump disse que deixará a Casa Branca se...

Covid-19. Cuba anuncia duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos

Cuba anunciou quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projectos de vacinas contra a Covid-19, que aumentam para quatro o número de...

Amor em tempos de cólera

Inspirados pela magia literária de Gabriel Garcia Marquez, acreditamos na nova aurora de liberdade proclamada em 2017 pelo Presidente João Lourenço, mas, três anos...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.