- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Crise força saída de 485 mil portugueses

Crise força saída de 485 mil portugueses

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

Portugal lidera a emigração entre os 34 países da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE). Em 2013 saíram do nosso país 128 mil emigrantes, revela o relatório ‘Perspetivas das Migrações Internacionais – 2015’ publicado esta terça-feira. Tendo em conta a emigração registada desde 2011, e de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística, em 2011 partiram 101 mil, em 2012 mais 121 mil e em 2014 foi alcançado o valor mais elevado, com 135 mil.

No total, nestes quatro anos emigraram 485 mil. São perto de meio milhão de portugueses, sendo que cerca de 60% permaneceram no estrangeiro por um período inferior a um ano. De acordo com os dados da OCDE, os emigrantes portugueses de longa duração que foram viver para os países da organização entre 2011 e 2013 totalizaram 178 mil.

Refere o relatório que há também uma fatia importante da emigração que teve por destino países fora da OCDE, como o Brasil, Angola ou a Venezuela. Portugal é o segundo país da Europa com mais população residente no estrangeiro em percentagem do número de habitantes do país, e o terceiro país se contabilizados os 34 estados-membros da organização.

Em 2014, segundo a OCDE, 14% dos maiores de 15 anos e nascidos em Portugal residiam no estrangeiro. À frente de Portugal estão Irlanda, com 17,5%, e Nova Zelândia, com 14,1%. A OCDE estima em 2,3 milhões o total de emigrantes portugueses que vivem nos países que integram a organização. Destaca o relatório que há uma considerável emigração de profissionais de saúde, em particular enfermeiros. Segundo as contas da OCDE, em 2013, só no Reino Unido trabalhavam 1200 enfermeiros portugueses. No ano anterior eram 800, em 2011, fixavam-se nos 450 enfermeiros. É também referido que na Bélgica trabalhavam, em 2013, cerca de 200 enfermeiros. Avança ainda o relatório que portugueses altamente qualificados partem todos os anos para a Noruega. (cmjornal.xl.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Adalberto Costa Júnior: «O País que temos hoje não é o sonho dos nacionalistas de ontem, e não tenho dificuldades de ir buscar Agostinho...

O plano estratégico do MPLA, que olha para o presidente do «galo negro» como «alvo a combater até à exaustão», a visão da UNITA...
- Publicidade -

Analistas instam Governo moçambicano a investir em políticas efectivas para a juventude

Estudos apontam desemprego, falta de oportunidades e pobreza como factores que "facilitam" o recrutamento de jovens por grupos terroristas Vários estudos e pesquisadores apontam para...

Caso Alex Saab: Autoridades cabo-verdianas “pesam” cumprimento ou não de acórdão do Tribunal da CEDEAO

Juristas dizem não haver "obrigatoriedade" no cumprimento do acórdão que mandou colocar enviado especial da Venezuela em prisão preventiva O acórdão do Tribunal da Comunidade...

Diamante rosa do Lulo resulta em três pedras

A lapidação de um diamante rosa bruto de 46 quilates, recuperado na mina do Lulo, Lunda-Norte, em Maio de 2018, deu lugar a três...

Notícias relacionadas

Adalberto Costa Júnior: «O País que temos hoje não é o sonho dos nacionalistas de ontem, e não tenho dificuldades de ir buscar Agostinho...

O plano estratégico do MPLA, que olha para o presidente do «galo negro» como «alvo a combater até à exaustão», a visão da UNITA...

Analistas instam Governo moçambicano a investir em políticas efectivas para a juventude

Estudos apontam desemprego, falta de oportunidades e pobreza como factores que "facilitam" o recrutamento de jovens por grupos terroristas Vários estudos e pesquisadores apontam para...

Caso Alex Saab: Autoridades cabo-verdianas “pesam” cumprimento ou não de acórdão do Tribunal da CEDEAO

Juristas dizem não haver "obrigatoriedade" no cumprimento do acórdão que mandou colocar enviado especial da Venezuela em prisão preventiva O acórdão do Tribunal da Comunidade...

Diamante rosa do Lulo resulta em três pedras

A lapidação de um diamante rosa bruto de 46 quilates, recuperado na mina do Lulo, Lunda-Norte, em Maio de 2018, deu lugar a três...

Última Hora: Explosão em refinaria na África do Sul provoca grande incêndio

Uma explosão numa refinaria de petróleo na cidade de Durban, na África do Sul, às primeiras horas da manhã, causou um grande incêndio, originando...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.