- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Activos da banca angolana crescem sete mil milhões de Kwanzas em 2014

Activos da banca angolana crescem sete mil milhões de Kwanzas em 2014

Banco nacional de Angola (Foto: Henri Celso)
Banco nacional de Angola (Foto: Henri Celso)

O volume de activos agregado das instituições financeiras angolanas fixou-se em 7.126 mil milhões de Kwanzas (Akz) em 2014, um aumento de cerca de 7,26 porcento face ao ano anterior, indica um estudo Banca em Análise da “Deloitte”, empresa de auditoria, consultoria fiscal, consultoria de negócios e de gestão.

Segundo a pesquisa, apresentado, em Luanda, o crescimento de depósitos e evolução significativa das transacções económicas correntes foram os factores que mais contribuíram para a dinamização do sector financeiro do país no ano em referência.

A Deloitte explica ainda que o resultado líquido total do sector, segundo dados do Banco Nacional de Angola (BNA), registou uma queda de 50 porcento no mesmo período, influenciado pelo efeito dos resultados do ex-BESA.

Contrariamente a este efeito, os resultados líquidos do sector, de acordo com o mesmo estudo que este ano vai na sua 10ª edição, num momento em que Angola celebra o 40º aniversário da independência nacional, teriam registado um crescimento de cerca de 12 porcento.

Entretanto, o presidente da Deloitte/Angola, Rui Santos Silva, frisou que em 10 anos, o sector financeiro do país teve uma evolução positiva e significativa, com a criação de mais de 10 instituições financeiras viradas à actividade comercial.

Para Rui Silva, a evolução positiva que os bancos continuam a ter e a confiança dos depositantes verificadas nesta 10ª edição do Banca em Análise é animadora.

“Observamos mais um ano de crescimento significativo do volume de depósitos, bem como uma evolução muito expressiva de todos os indicadores relacionados com a utilização do sistema financeiro nas transacções económicas correntes, sendo de destacar o aumento de 59 porcento no volume de transacções efectuadas em terminais de pagamento, entre 2013 e 2014”, disse.

Indicou que o peso dos depósitos em moeda nacional tem crescido em detrimento da moeda estrangeira, com uma variação positiva de sete pontos percentuais, de 58 porcento, em 2013, para 65 porcento, em 2014.

O valor dos depósitos de clientes no sector bancário, em 2014, foi de 5.350 mil milhões de Kwanzas, representando um crescimento de 15 porcento face a 2013.

O crédito líquido a clientes, também aumentou em comparação com o ano anterior, cujo valor agregado ultrapassou os 2.930 mil milhões de Kwanzas, em 2014, o que corresponde a um aumento de oito porcento face a 2013, enquanto o peso do crédito sobre clientes na estrutura global de activos dos bancos nacionais foi de 41 porcento, em 2014.

Relativamente ao rácio de crédito vencido, o estudo dá conta que ascendeu a 14,5 porcento, registando-se um aumento quando comparado com o valor do período anterior de 11,2 porcento.

Em 2014 estavam em actividade 23 bancos, perspectivando-se a entrada em actividade de seis novos bancos durante o ano de 2015. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -

Afreximbank em alta, depois da crise

Sob a liderança de Benedict Oramah, reeleito como seu presidente em Junho, o banco pan-africano conseguiu desenvolver novos instrumentos para se adaptar à nova...
- Publicidade -

UNITA defende conclusão do pacote legislativo autárquico

A Comissão Política da UNITA defendeu a conclusão da aprovação do Pacote Legislativo Autárquico até ao final do corrente ano, no quadro da preparação...

Covid-19 faz 124ª morte em Moçambique

A pandemia da COVID-19 voltou a fazer uma vítima mortal na cidade de Maputo. Trata-se de um moçambicano de 40 anos de idade, que...

Covid-19 em Portugal: Mais 74 mortes e 4044 infectados

O número de infectados ultrapassou os 58,6 milhões em todo o mundo. Já morreram 1,38 milhões de pessoas com covid-19 e 37,4 milhões recuperaram...

Notícias relacionadas

Afreximbank em alta, depois da crise

Sob a liderança de Benedict Oramah, reeleito como seu presidente em Junho, o banco pan-africano conseguiu desenvolver novos instrumentos para se adaptar à nova...

UNITA defende conclusão do pacote legislativo autárquico

A Comissão Política da UNITA defendeu a conclusão da aprovação do Pacote Legislativo Autárquico até ao final do corrente ano, no quadro da preparação...

Covid-19 faz 124ª morte em Moçambique

A pandemia da COVID-19 voltou a fazer uma vítima mortal na cidade de Maputo. Trata-se de um moçambicano de 40 anos de idade, que...

Covid-19 em Portugal: Mais 74 mortes e 4044 infectados

O número de infectados ultrapassou os 58,6 milhões em todo o mundo. Já morreram 1,38 milhões de pessoas com covid-19 e 37,4 milhões recuperaram...

Países africanos preparam regresso aos mercados em 2021

Analistas antecipam que países da África subsaariana voltem a emitir dívida a partir de 2021, depois de saída dos mercados financeiros motivada pela pandemia...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.