Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Líbia: Quatro mil e 950 emigrantes socorridos ao largo de Tripoli

Tripoli – Os guardas costeiros da Marinha de Tripoli socorreram, domingo, 215 emigrantes clandestinos de diversas nacionalidades, incluindo mais de 50 mulheres e um bebé, que estavam a bordo de dois navios pneumáticos, enquanto a marinha italiana salvou sábado pelo menos quatro mil e 700 migrantes proveniente das costas líbias.

EMIGRANTES RESGATADOS NA COSTA DA LÍBIA (Foto: AFP)
EMIGRANTES RESGATADOS NA COSTA DA LÍBIA (Foto: AFP)

A operação de salvamento de domingo ocorreu ao largo da zona de Sidi Bennour, a cerca de 10 milhas no nordeste de Tripoli, indicou o porta-voz oficial da Marinha líbia, Ayoub Gacem.

Explicou que as instituições e serviços abrangidos assistiram os emigrantes que mostravam sinais de cansaço extremo, em particular as mulheres e as crianças.

Por seu turno, as forças da Guarda Costeira italianas relataram sábado ter salvado cerca de quatro mil e 700 emigrantes ao largo das costas da Líbia que tentavam atingir a Europa.

Os guardas costeiros italianos indicaram, num comunicado, ter coordenado 20 operações de salvamento nas quais participaram vários navios que recuperaram quatro mil e 343 emigrantes a bordo do de navios pneumáticos e de madeira, acrescentando que encontraram o corpo duma mulher sem vida num dos navios de plástico, sem precisar a causa provável da morte.

Pelo menos 335 outros foram socorridos e transportados para um porto na Itália no quadro duma missão de salvamento coordenada pela Grécia.

As operações de salvamento foram levadas a cabo por navios da Guarda Costeira e da Marinha Italiana, em colaboração com a ONG Médicos Sem Fronteiras, a Organização da Estação de Salvamento no mar para os emigrantes, sediada em Malta, o Complexo Comercial, um navio croata em missão de salvamento da União Europeia e navios das marinhas alemã e britânica. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »