- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Bruxelas vai ordenar aos governos europeus a recepção compulsiva de mais 120...

Bruxelas vai ordenar aos governos europeus a recepção compulsiva de mais 120 mil refugiados

(Jornal de Negócios)
(Jornal de Negócios)

Os países europeus têm de receber com urgência e com carácter obrigatório mais 120 mil refugiados, além dos 40 mil já propostos, disse Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia.

Os Estados europeus têm a obrigação jurídica e moral de receber quem procura protecção e têm de demonstrar internamente solidariedade com os países europeus que estão já a acolher o essencial dos deslocados, disse nesta quarta-feira, 9 de Setembro, o presidente da Comissão Europeia.

Falando perante o Parlamento Europeu, no âmbito do debate sobre o estado da União Europeia, Jean-Claude Juncker confirmou que vai avançar com uma proposta que prevê a distribuição com “urgência” e com carácter “compulsivo” mais 120 mil refugiados, além dos 40 mil já propostos.

Essa proposta – que, segundo o Financial Times, preverá multas para os países que rejeitem a sua quota – será discutida na cimeira extraordinária, marcada para a próxima segunda-feira, 14 de Setembro.

O presidente da Comissão Europeia apelou a uma maior unidade, reiterando a necessidade de criar um mecanismo permanente para que a UE possa accionar em crises migratórias. “A crise dos refugiados não estará resolvida tão cedo. É importante não termos ilusões a esse respeito”.

“A Europa não pode abrigar toda a miséria do mundo, mas vamos ser honestos e colocar as coisas em perspectiva: a vaga de refugiados é inédita mas eles ainda representam apenas 0,11% da população da União Europeia. No Líbano, por comparação, os refugiados representam 25% da população, e este é um país que tem apenas um quinto da riqueza” dos europeus, frisou, lembrando que os europeus não podem esquecer que, após a devastação da II Guerra Mundial, havia 60 milhões de europeus refugiados. (Jornal de Negócios)

por Eva Gaspar

- Publicidade -
- Publicidade -

Holdimo garante que é “parceiro leal e estratégico” do Sporting e que CMVM “verificou licitude dos fundos” que entraram em Alvalade

Holdimo detalhou ao Observador todas as operações feitas com o Sporting, da compra de parte de passes à transformação de crédito em capital, e...
- Publicidade -

Activista Mensageiro Andrade denuncia desumanas condições das celas prisionais na Huíla

Autoridades admitem precariedade das condições das celas policiais mas as atribuem à conjuntura do país O activista cívico angolano Manuel Andrade, recentemente condenado a três...

Filha de Samora Machel entre as 100 mulheres mais influentes do mundo

Josina Machel, a filha de Graça e Samora Machel, é uma das 100 mulheres mais influentes do mundo, na lista da BBC. Ativista, criou...

César Freitas: “Saúde infantil em Angola é um desafio”, desde o acesso a cuidados às doenças infecciosas

Esta semana, o convidado da Angola Saúde em Foco é o dr. César Freitas, médico pediatra no Hospital David Bernardino em Luanda e secretário...

Notícias relacionadas

Holdimo garante que é “parceiro leal e estratégico” do Sporting e que CMVM “verificou licitude dos fundos” que entraram em Alvalade

Holdimo detalhou ao Observador todas as operações feitas com o Sporting, da compra de parte de passes à transformação de crédito em capital, e...

Activista Mensageiro Andrade denuncia desumanas condições das celas prisionais na Huíla

Autoridades admitem precariedade das condições das celas policiais mas as atribuem à conjuntura do país O activista cívico angolano Manuel Andrade, recentemente condenado a três...

Filha de Samora Machel entre as 100 mulheres mais influentes do mundo

Josina Machel, a filha de Graça e Samora Machel, é uma das 100 mulheres mais influentes do mundo, na lista da BBC. Ativista, criou...

César Freitas: “Saúde infantil em Angola é um desafio”, desde o acesso a cuidados às doenças infecciosas

Esta semana, o convidado da Angola Saúde em Foco é o dr. César Freitas, médico pediatra no Hospital David Bernardino em Luanda e secretário...

Programa psicoterapêutico desenvolvido na UC reduz o sofrimento de mulheres com cancro da mama

Um programa de intervenção psicológica para contexto oncológico, desenvolvido na Universidade de Coimbra (UC), mostrou ser eficaz na diminuição do sofrimento de mulheres com...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.