- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Protestos antagônicos devem marcar Dia da Independência

Protestos antagônicos devem marcar Dia da Independência

(AFP)
(AFP)

Grupos a favor do impeachment de Dilma e Grito dos Excluídos convocam manifestações simultâneas em Brasília. Forte esquema de segurança é montado para desfile militar, que contará com a presença da presidente.

As comemorações dos 193 anos da Independência do Brasil, nesta segunda-feira (07/09), devem ser marcadas por manifestações contra e a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff em Brasília.

A 7ª Marcha contra a Corrupção foi organizada pelo Movimento Brasil Contra a Corrupção, com a concentração marcada para as 8h da manhã no Museu Nacional de Brasília. O grupo Revoltados On Line também convocou nas redes sociais um protesto em frente ao Congresso Nacional para a manhã desta segunda-feira. Movimentos anti-Dilma pediram que os participantes vistam preto em vez de verde e amarelo.

Do outro lado, movimentos sociais de esquerda e partidos políticos, como PT e PSOL, promovem o já tradicional Grito dos Excluídos. Conforme o site da Pastoral da Juventude, o 21º Grito dos Excluídos leva às ruas o tema “Que país é esse que mata gente, que a mídia mente e nos consome?”, protestando contra a mídia brasileira e a violência. O Grito dos Excluídos deve servir também como demonstração de apoio à democracia e contra o impeachment da presidente Dilma.

Reforço da segurança

Ameaças na internet fizeram com que um forte esquema de segurança fosse montado para o Desfile da Independência em Brasília, com início marcado para as 8h45 e que contará com a presença da presidente.

Um vídeo divulgado pelo ex-candidato a deputado pelo PSDB Matheus Sathler Garcia aumentou a tensão diante das comemorações. Garcia ameaçou “cortar a cabeça” da presidente se ela não renunciasse até domingo.

Segundo vários sites e jornais brasileiros, o chefe do Gabinete de Segurança Institucional do Palácio do Planalto, general José Elito Carvalho Siqueira, determinou que a segurança da presidente fosse intensificada durante as comemorações em Brasília.

Protestos anti-Dilma estão previstos também em outras capitais, como São Paulo e Fortaleza. (dw.de)

MP/lusa/ots

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola perde diante do e-Swatini por 0-1

A Selecção Nacional Sub-20 comprometeu, ontem, a pretensão de se qualificar para as meias-finais do torneio da Taça Cosafa, ao perder com e-Swatini, por...
- Publicidade -

Costa do Marfim: Laurent Gbagbo recupera seus passaportes marfinenses

Em breve, o ex-chefe de Estado da Costa do Marfim poderá retornar a Abidjan. Após vários meses de espera, Laurent Gbagbo recuperou, nesta sexta-feira, 4...

Novos contos do continente africano

Por ocasião da Feira do Livro e Imprensa Infantil de Montreuil, e da temporada África 2020, close-up de uma coleção de contos intitulada "Babel...

África discute implementação da Zona de Comércio Livre

Os Chefes de Estado ou de Governos africanos reúnem, amanhã, na 13ª sessão extraordinária, dedicada à implementação da Zona de Comércio Livre Continental Africana...

Notícias relacionadas

Angola perde diante do e-Swatini por 0-1

A Selecção Nacional Sub-20 comprometeu, ontem, a pretensão de se qualificar para as meias-finais do torneio da Taça Cosafa, ao perder com e-Swatini, por...

Costa do Marfim: Laurent Gbagbo recupera seus passaportes marfinenses

Em breve, o ex-chefe de Estado da Costa do Marfim poderá retornar a Abidjan. Após vários meses de espera, Laurent Gbagbo recuperou, nesta sexta-feira, 4...

Novos contos do continente africano

Por ocasião da Feira do Livro e Imprensa Infantil de Montreuil, e da temporada África 2020, close-up de uma coleção de contos intitulada "Babel...

África discute implementação da Zona de Comércio Livre

Os Chefes de Estado ou de Governos africanos reúnem, amanhã, na 13ª sessão extraordinária, dedicada à implementação da Zona de Comércio Livre Continental Africana...

Combustíveis: Angola subvenciona consumo de vizinhos

Os contribuintes angolanos subvencionam o consumo de combustíveis em países vizinhos, segundo afirmou a ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa, na quinta-feira à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.