- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola OEA pede a Maduro que tranquilize colombianos que vivem na Venezuela

OEA pede a Maduro que tranquilize colombianos que vivem na Venezuela

(AFP)
(AFP)

O secretário-geral da OEA, Luis Almagro, pediu neste sábado ao presidente venezuelano, Nicolás Maduro, que tranquilize os colombianos que vivem na Venezuela, com a reunificação das famílias separadas pela crise bilateral.

Durante uma visita à fronteiriça cidade colombiana de Cúcuta, onde chega a maior parte dos afectados pela crise, Almagro dirigiu-se ao seu “amigo” Maduro, dizendo que é muito importante que o governo venezuelano acalme os milhões de colombianos que vivem na Venezuela.

A actual crise entre a Colômbia e a Venezuela iniciou há cerca de três semanas, depois que Maduro encerrou a fronteira e deportou pelo menos 1.355 colombianos.

Almagro, que viajou para verificar a situação humanitária decorrente das expulsões, pediu durante uma conferencia de imprensa, a ministra das relações exteriores colombiana, María Ángela Holguín, que os dois países trabalhem pela “reunificação” das famílias separadas na fronteira.

“É importantíssima a reunificação familiar. Nós pedimos à Colômbia a sistematização dos casos pendentes de reunificação familiar (…) e pedimos à Venezuela a mais rápida solução para esse flagelo, para esse problema”, disse Almagro.

“A OEA vai actuar na dimensão humanitária e dos direitos humanos, apoiando-se nos instrumentos que tem: a Comissão Interamericana de Direitos Humanos ou visitas, como esta”, explicou.

A crise fronteiriça começou em 19 de Agosto com o encerramento da fronteira por Maduro, depois de um ataque contra militares venezuelanos durante uma operação anti-contrabando, que o mandatário atribuiu a “paramilitares colombianos”.

A tensão aumentou há pouco mais de uma semana, quando os dois países chamaram seus embaixadores para consultas. (swissinfo.ch)

afp_tickers

- Publicidade -
- Publicidade -

O SARS-CoV-2 é transportado pelo ar: Por que razão ainda estamos a limpar as superfícies?

Cientistas que inicialmente alertaram para superfícies contaminadas, defendem agora o novo coronavírus espalha-se, essencialmente, através de gotículas inaladas. Há pouca ou quase nenhuma evidência...
- Publicidade -

OGE/2021: Parceiros pedem mais verbas para a área social

Os parceiros sociais da Assembleia Nacional pediram, ontem, o aumento de verbas para o sector social, durante as reuniões de apresentação de propostas às...

Morreu co-fundador do ‘Ice Bucket Challenge’ aos 37 anos

Um dos cofundadores do 'ice bucket challenge' , que angariou mais de 200 milhões de euros em todo o mundo para a investigação da...

Arranca hoje I Edição do Curso em Liderança Política do MPLA

Arrancou hoje a I Edição do Curso em Liderança Política do MPLA, uma formação que decorre no Auditório do Comité Central do MPLA, localizado...

Notícias relacionadas

O SARS-CoV-2 é transportado pelo ar: Por que razão ainda estamos a limpar as superfícies?

Cientistas que inicialmente alertaram para superfícies contaminadas, defendem agora o novo coronavírus espalha-se, essencialmente, através de gotículas inaladas. Há pouca ou quase nenhuma evidência...

OGE/2021: Parceiros pedem mais verbas para a área social

Os parceiros sociais da Assembleia Nacional pediram, ontem, o aumento de verbas para o sector social, durante as reuniões de apresentação de propostas às...

Morreu co-fundador do ‘Ice Bucket Challenge’ aos 37 anos

Um dos cofundadores do 'ice bucket challenge' , que angariou mais de 200 milhões de euros em todo o mundo para a investigação da...

Arranca hoje I Edição do Curso em Liderança Política do MPLA

Arrancou hoje a I Edição do Curso em Liderança Política do MPLA, uma formação que decorre no Auditório do Comité Central do MPLA, localizado...

Índia com mais 45 mil casos e 511 mortos nas últimas 24 horas

A Índia registou 45.391 casos de covid-19 e 511 mortos nas últimas 24 horas, segundo os dados do Ministério da Saúde indiano, divulgados hoje. Desde...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.