- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Passos Coelho evita entrevistas

Passos Coelho evita entrevistas

(D.R)
(D.R)

O primeiro-ministro recusou o convite para “Isso é tudo muito bonito, mas”, o programa dos Gato Fedorento na TVI. Não aparece em cartazes e dá poucas entrevistas. Não vai sequer à RTP

Até agora Passos Coelho ainda não apareceu num único outdoor da coligação e está a limitar as entrevistas (e aparições mediáticas) que fará até 4 de outubro. O primeiro-ministro é, aliás, o único líder dos partidos com assento parlamentar que não aceitou o convite dos três membros dos Gato Fedorento que voltam a “esmiuçar” as eleições no programa da TVI Isso é tudo muito bonito, mas.

António Costa, Paulo Portas, Jerónimo de Sousa e Catarina Martins vão participar no programa sobre as eleições que os Gato Fedorento emitirão na TVI a partir de dia 14. Passos, ao contrário de 2009, recusou. “Foi feito o convite e repetido. Mas sempre dissemos que não, não há agenda”, afirmou ao DN um colaborador do líder do PSD.

Também as entrevistas têm sido muito limitadas. Na RTP as coisas parecem estar complicadas para obter uma entrevista com Passos Coelho. Dos cinco líderes dos partidos com assento parlamentar foi o único que não agendou a sua. Não marcando, seria inédito, no quadro nacional ou mesmo europeu: uma campanha eleitoral sem uma entrevista na TV do serviço público com o recandidato a primeiro-ministro. (dn.pt)

- Publicidade -
- Publicidade -

Potencial petrolífero é de 40 mil milhões de dólares

As empresas angolanas do sector petrolífero apenas aproveitam cerca de 10 por cento do potencial estimado em 40 mil milhões de dólares que a...
- Publicidade -

França quer punir delito de “ecocídio”

Proposta apoiada pelo governo prevê pena de até dez anos de prisão e multa de até 4,5 milhões de euros para quem causar danos...

Burkina Faso: Jihadistas impedem o voto de 300 mil eleitores

As eleições presidenciais e legislativas no Burkina Faso tiveram lugar num contexto de ameaças de grupos radicais islâmicos. Não houve registo de violência na...

Obras do novo Aeroporto Internacional de Luanda retomadas em Janeiro de 2021 e sem financiamento adicional, garante ministro dos Transportes

As obras do novo aeroporto internacional de Luanda vão ser retomadas no princípio de 2021 e serão concluídas no prazo de dois anos, garantiu...

Notícias relacionadas

Potencial petrolífero é de 40 mil milhões de dólares

As empresas angolanas do sector petrolífero apenas aproveitam cerca de 10 por cento do potencial estimado em 40 mil milhões de dólares que a...

França quer punir delito de “ecocídio”

Proposta apoiada pelo governo prevê pena de até dez anos de prisão e multa de até 4,5 milhões de euros para quem causar danos...

Burkina Faso: Jihadistas impedem o voto de 300 mil eleitores

As eleições presidenciais e legislativas no Burkina Faso tiveram lugar num contexto de ameaças de grupos radicais islâmicos. Não houve registo de violência na...

Obras do novo Aeroporto Internacional de Luanda retomadas em Janeiro de 2021 e sem financiamento adicional, garante ministro dos Transportes

As obras do novo aeroporto internacional de Luanda vão ser retomadas no princípio de 2021 e serão concluídas no prazo de dois anos, garantiu...

Sonangol e Endiama serão parcialmente privatizadas até 2022

O Governo vai dispersar em bolsa uma parte das empresas petrolífera e diamantífera Sonangol e Endiama em 2021 ou no início de 2022, disse...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.