Ler Agora:
Novas unidades hospitalares vão melhorar assistência ao cidadão
Artigo completo 2 minutos de leitura

Novas unidades hospitalares vão melhorar assistência ao cidadão

Lubango – A entrada em funcionamento, em 2016, de cinco novas unidades hospitalares, em construção na centralidade da Eywa, arredores da cidade do Lubango, Huíla, vai reforçar a capacidade do sector e melhorar a qualidade dos serviços de saúde a prestar as populações.

HUÍLA: INTERIOR DO NOVO HOSPITAL PSIQUIÁTRICO DO LUBANGO (Foto: Angop)

HUÍLA: INTERIOR DO NOVO HOSPITAL PSIQUIÁTRICO DO LUBANGO (Foto: Angop)

A opinião foi dada à imprensa pelo director da saúde, Altino Matias, no final de uma visita que o governador da Huíla, João Marcelino Tyipinge, efectuou as obras da maternidade, pediatria, psiquiatria, centro de oftalmologia e de uma incineradora de resíduos hospitalares.

Referiu que a cidade do Lubango não tem nenhum hospital de referência municipal, pelo que com estas infra-estruturas poderá melhorar o atendimento, uma vez que os centros médicos e os hospitais provinciais se revelam incapazes de satisfazer a demanda.

“ Com estas unidades a funcionar, os cidadãos terão todos os serviços de especialidade, incluindo muitos que actualmente são procurados fora dos hospitais da província”, sublinhou o responsável da saúde.

O novo hospital pediátrico do Lubango, cuja edificação iniciou em 2012, tem capacidade para internar 256 pacientes, enquanto a maternidade possui 450 camas e a psiquiatria vai atender 50 doentes.

O município do Lubango conta com uma rede hospitalar integrada por 20 centros médicos e 31 postos de saúde, assim como alberga ainda quatro hospitais de categoria provincial e um geral, perfazendo mil e 46 camas. (portalangop.co.ao)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »