Zimbabwe: Governo pede extradição de caçador americano que matou leão Cecil

Harare – A ministra do Meio Ambiente do Zimbabwe, Oppah Muchinguri, pediu nesta sexta-feira a extradição do dentista americano que matou o leão Cecil, um animal exemplar protegido e astro do parque natural de Hwange.

BANDEIRA DO ZIMBABWE (Foto: Angop)
BANDEIRA DO ZIMBABWE (Foto: Angop)

“Pedimos às autoridades competentes a sua extradição ao Zimbabwe para que possa ser julgado pelas infracções que cometeu”, declarou Muchinguri numa conferência de imprensa, na qual lamentou que não tenha sido possível detê-lo no território, “já que havia desaparecido rumo ao seu país de origem” quando o escândalo explodiu. (portalangop.co.ao)

1 comentário
  1. Danilo Diz

    É triste essa questão da caça na África, deem uma olhada nessa outra matéria: http://www.virales.com.br/2015/10/03/turistas-cacadores-escondem-o-rosto-com-vergonha-na-africa-do-sul/

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »