Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Defesa critica denúncia de ligação de executivo da Odebrecht com Freiburghaus

MPF (DR)
MPF (DR)

O advogado de defesa do executivo Rogério Araújo, Guilherme Carnelós, criticou a qualidade das denúncias feitas pelo Ministério Público Federal (MPF), que o acusa de ter sido o elo com o suposto operador de propinas da empreiteira Odebrecht na Suíça, Bernardo Freiburghaus.

“Está desvinculado da verdade que as conversas telefônicas entre Rogério Araújo e Bernardo Freiburghaus induzam à conclusão de que Rogério seja o intermediador de propina”, afirmou Carnelós em entrevista coletiva realizada no final da tarde na sede da Odebrecht em São Paulo.

Segundo ele, o Ministério Público Federal usou injustificadamente o telefonema e depósitos em “prazos díspares” para supor que houve uma discussão sobre propina. “Na verdade, tratou-se de uma relação lícita, em que Rogério Araújo é cliente de Bernardo Freiburghaus”, afirmou.

Freiburghaus foi incluído na difusão vermelha da Interpol, a Polícia Internacional, índex dos mais procurados em todo o planeta. Ele foi inserido no cadastro porque é alvo da Operação Lava Jato e os investigadores atribuem a ele o papel de operador em supostos pagamentos de propinas da empreiteira Odebrecht na Suíça.

Um indício dessa relação com a construtora, segundo a força-tarefa da Lava Jato, são os frequentes telefonemas entre Freiburghaus e o diretor da Odebrecht Rogério Araújo. Entre 2010 e 2013, eles trocaram 135 ligações, em datas que coincidiram com depósitos de valores em contas do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa. Em delação premiada, Costa confessou ter recebido US$ 23 milhões da Odebrecht. (

Deixe uma comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »