Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Timor-Leste: Fretilin com melhor nota na análise às contas dos partidos

(LUSA)
(LUSA)

A Fretilin foi dos quatro partidos com assento parlamentar timorense a que melhor resultado obteve na análise da Comissão Nacional de Eleições (CNE) às contas partidárias em 2014, segundo o relatório publicado no Jornal da República.

O relatório de “resultados da auditoria dos partidos políticos no ano fiscal de 2014” procura avaliar a aplicação do orçamento de seis milhões de dólares (5,3 milhões de euros) alocados pelo Estado para os quatro partidos: Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste (CNRT), FRETILIN, Partido Democrático (PD) e Frente Mudança (FM).

Em 2014 o CNRT recebeu cerca de 2,77 milhões de dólares (2,46 milhões de euros), a Fretilin 2,3 milhões de dólares(dois milhões de euros), o PD 738.500 dólares (658,4 mil euros) e a FM 184.620 dólares (164,6 mil euros), valores canalizados através do orçamento da própria CNE.

“Em geral os partidos políticos demonstraram boa cooperação com a CNE e os auditores durante o processo”, refere o relatório que recomenda melhorias no registo de despesas e contabilidade.

A análise, que pretende garantir a “transparência e credibilidade” da gestão das contas dos partidos, atribui notas a várias categorias das contas, desde a forma como as despesas são apresentadas, a organização contabilística e o “dever de colaboração”.

Assim, a FRETILIN obtém a nota mais eleva – 91 valores em 100 possíveis – o que equivale a muito bom, sendo a sua nota mais fraca na secção de “análise de documentes de despesa” (5).

É também esta a pior categoria das notas do CNRT (2 valores), que foi igualmente penalizado pela falta de colaboração, tendo obtido uma nota global de 80 valores e uma classificação de “bom”.

A Frente Mudança (FM) obteve uma nota global de 77 valores (também uma classificação de “bom”), com os piores indicadores a serem a apresentação de relatório de contas no prazo previsto (2), os documentos de despesas (3) e a reconciliação entre notas bancárias e a caixa do partido (4).

Finalmente o PD registou a pior nota nesta classificação (75,5 valores), sendo penalizado pelo dever de cooperação (3) e os documentos de despesas (2).

No final do ano o CNRT tinha um saldo de 3,8 milhões de dólares (3,3 milhões de euros), com receitas de 4,5 milhões de dólares (quatro milhões de euros) e gastos de 698 mil dólares (622,2 mil euros).

A Fretilin tinha um saldo de 2,29 milhões de dólares (dois milhões de euros), com receitas de três milhões de dólares (2,6 milhões de euros) e gastos de cerca de 491 mil dólares (437 mil euros), enquanto o PD tinha um saldo de um milhão de dólares (891 mil euros), com receitas de 1,3 milhões dólares (1,15 milhões de euros) e gastos de 524 mil (467,1 mil euros).

A FM tinha um saldo de 97,3 mil dólares (86,7 mil euros), com receitas de 235 mil dólares (209,5 mil euros) e gastos de 137,9 mil dólares (123 mil euros). (noticiasaominuto.com)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »