Visita a sede da FAF e 2ª ronda do Girabola nos destaques

Gonçalves Muandumba - Ministro dos Desportos (Foto: Alberto Julião)
Gonçalves Muandumba – Ministro dos Desportos (Foto: Alberto Julião)

A visita às instalações da Federação Angolana de Futebol (FAF) pelo ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba, e a disputa da segunda jornada do Girabola marcaram os destaques da semana desportiva.

O titular dos desportos visitou o edifício de cinco andares localizado na centralidade Nova Vida e disse ter ficado satisfeito com o que viu.

Na ocasião anunciou que a conferência nacional sobre o futebol, que visa reflectir o estado actual da modalidade no país, se realiza na primeira quinzena de Junho próximo em Luanda.

De acordo com o governante, o objectivo é encontrar as melhores soluções para reestruturar o desenvolvimento do futebol no país, pelo facto da modalidade atravessar um período negativo do ponto de vista de resultados a nível das selecções nacionais.

Lembrou que no ano passado o futebol foi muito referido devido ao fracasso da selecção de honras que não conseguiu a qualificação ao campeonato africano de futebol das nações disputado em Janeiro último na Guiné-Equatorial.

Por este facto, adiantou que se fará uma abordagem nacional do futebol como fenómeno social; enquanto elemento de integração social, que gere emprego e mexe com as emoções.

A segunda jornada do Girabola, fica marcada com o empate a dois golos entre o Recreativo do Libolo e o Kabuscorp do Palanca.

A surpresa da jornada, foi a derrota de 2-0 do 1 de Agosto no campo do Académica do Lobito, no estádio do Buraco.

O Interclube aplicou a goleada da jornada (5-2) ao Sporting de Cabinda, enquanto que o Atlético Sport Aviação (ASA) empatou a um golo frente Sagrada Esperança.

A segunda jornada registou ainda a vitória do Progresso da Lunda Sul por 2-1 diante do seu confrade de Luanda, enquanto que o Benfica de Luanda derrotou o Domant FC por 2-1 e no estádio 11 de Novembro o Petro de Luanda despachou o Bravos do Maquis por 2-1.

A meio da semana, o Recreativo do Libolo, conquistou a super taça ao vencer o Benfica de Luanda, na marcação de grandes penalidades, desafio que teve lugar o estádio dos Coqueiros.

Os sete dias ficam ainda marcados com a apresentação da pré-selecção nacional sénior feminina de andebol que irá disputar o torneio Internacional Angola 40 anos, ao lado das selecções do Brasil e Portugal.

Foi anunciado que as obras do pavilhão multiusos que decorrem no espaço do projecto Olimpáfrica, em Viana, agora designado Edifício Multi-funcional de Desporto e Serviços, iniciaram em Novembro de 2014 e terminam em Junho próximo.

A informação foi prestada neste sábado, em Luanda, pelo presidente do Comité Olímpico Angolano (COA), Gustavo da Conceição, durante a apresentação pública da infra-estrutura, enquadrada no âmbito das comemorações do 37º aniversário da instituição, assinalado terça-feira (17).

Sem avançar valores monetários envolvidos na empreitada, o responsável disse apenas que a mesma foi inserida no programa de investimentos públicos pelo Ministério da Juventude e Desportos, que contempla também a colocação de uma pista de tartan e relva sintética no campo de futebol.

Gustavo da Conceição explicou que o espaço deixa a designação Olimpáfrica e passa a denominar-se Edifício Multi-funcional de Desporto e Serviços, confirmando a transferência do primeiro projecto preferencialmente para uma das províncias limítrofes da capital do país.

O atleta deficiente visual (classe T11) João Feliciano (província do Bié) conquistou domingo a X edição da Taça “José Sayovo”, com o tempo de 36 minutos e 50 segundos, em prova disputada na marginal de Luanda, em percurso de 10 quilómetros.

O atleta ao serviço da selecção nacional, que em Março disputa um meeting internacional em Túnis (Tunísia), qualificativo aos jogos paralímpicos de 2016, foi secundado pelo seu colega de selecção Júlio Mendes (Malanje), com o tempo de 37, 50. Albino Narciso (Uige) foi terceiro com 38, 14, seguindo-se Bernardo Lopes (Huambo) com 38, 27 e Benvindo António (Lunda Sul) com 38, 41.

A prova feminina para visuais foi disputada em duas categorias, designadamente T11 e T12, tendo sido vencedora Conceição Faria (Malanje) com o tempo de 43, 17, seguida por Befília Mbuio (Bié) com 44, 47. A terceira posição coube a Adelaide Fernanda (Namibe) com 46, 36. Anita Ngueve (Huambo) com 46, 52 e Mariana dos Santos (Huambo) com 51, 18, quedaram-se, respectivamente, na quarta e quinta posição.

Em T46 masculinos (deficientes dos membros superiores) foi mais forte o atleta Alberto Lussase (Bié) com o tempo de 34, 25, secundado por Silvestre Ngula (Huíla) com 35, 08. Ficaram nos postos seguintes Alberto José (Malanje) com 36, 02, Aloisio Bento (Kuando- Kubango) com 36, 16 e Fernando António (Huíla) com 37, 04. (portalangop.co.ao)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »