Ler Agora:
Ucrânia não vai retirar armas pesadas até fim total dos disparos
Artigo completo 2 minutos de leitura

Ucrânia não vai retirar armas pesadas até fim total dos disparos

(Foto de Anatolii Stepanov/AFP)

(Foto de Anatolii Stepanov/AFP)

O Exército ucraniano anunciou nesta segunda-feira que esperava o fim total dos tiros dos separatistas pró-russos antes de retirar as armas pesadas da frente leste da Ucrânia, um aspecto-chave dos acordos de Minsk.

“Já que os disparos sobre as posições ucranianas prosseguem, ainda não é possível falar da retirada das armas”, declarou Vladislav Seleznev, porta-voz do Estado-Maior do exército de Kiev.

Seleznev acrescentou que suas tropas estão disponiveis em retirar as armas pesadas assim que os disparos cessarem durante um dia completo.

Os acordos assinados em 12 de Fevereiro em Minsk previam a entrada em vigor de um cessar-fogo, a partir de 15 de Fevereiro, e a retirada das armas pesadas da frente 48 horas depois.

No entanto, a trégua foi ignorada em muitas ocasiões, e os rebeldes tomaram inclusive a cidade estratégica de Debaltseve em pleno cessar-fogo.

O exército ucraniano indicou nesta segunda-feira que os confrontos diminuíram de forma considerável durante a madrugada, embora tenham ocorrido confrontos isolados, sobretudo ao redor do porto da cidade de Mariupol.

Muitos ucranianos temem que, após a tomada de Debaltseve, os rebeldes tentem agora conquistar esta última cidade do leste ucraniano quecontinua nas mãos do exército ucraniano.

Os separatistas e as forças de Kiev afirmaram no domingo que haviam alcançado um acordo para retirar as armas. Mas enquanto os rebeldes se mostravam dispostos a fazê-lo a partir de terça-feira, Kiev insistia na necessidade de começar ainda no domingo. (afp.com)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »