Ler Agora:
Remessas de emigrantes portugueses em Angola caem mais de metade em dezembro
Artigo completo 2 minutos de leitura

Remessas de emigrantes portugueses em Angola caem mais de metade em dezembro

Sede do Banco Central na marginal de Luanda. (Foto: Vigas da Purificação)

Sede do Banco Central na marginal de Luanda.
(Foto: Vigas da Purificação)

As remessas dos emigrantes portugueses a trabalhar em Angola caíram em dezembro 51,5% face a dezembro do mês anterior, para 16,7 milhões de euros, indicam os dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal no boletim estatístico.

Segundo os números, que se referem ao último mês do ano passado, os portugueses a trabalhar em Angola enviaram para Portugal 16,7 milhões de euros, quando em dezembro de 2013 tinham enviado para o seu país cerca de 34,5 milhões de euros.

Os dados hoje avançados pelo Banco de Portugal confirmam as dificuldades que têm vindo a ser noticiadas relativamente ao envio de divisas em moeda estrangeira para fora de Angola, num contexto de forte quebra do preço do petróleo, das receitas fiscais e da escassez de divisas estrangeiras, nomeadamente dólares.

No caso inverso, ou seja, o montante das verbas que os angolanos a trabalhar em Portugal enviaram para o seu país, a variação é também significativa: em dezembro, enviaram 2,27 milhões de euros, face aos 1,81 milhões enviados no mesmo mês de 2013, o que mostra uma variação positiva de 25,4%. (tsf.pt)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »