Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Prisão preventiva: Advogado de Sócrates diz que não foi notificado

0
(economico.sapo.pt)
(economico.sapo.pt)

“Correio da Manhã” noticia esta terça-feira que o antigo primeiro-ministro já terá sido informado de que vai ficar em Évora durante mais três meses, mas um dos seus advogados diz que não foi notificado.

Um dos advogados de José Sócrates garante que não foi notificado do prolongamento, por mais três meses, da prisão preventiva do antigo primeiro-ministro. “Não fomos notificados de qualquer decisão do Tribunal Central de Instrução Criminal”, disse ao Expresso Pedro Delille.

Fonte judicial assegurou ao Expresso que, até ao final do dia de ontem, segunda-feira, “não havia despacho”.

O “Correio da Manhã” noticia esta terça-feira que o procurador Rosário Teixeira, que tutela o chamado “caso Marquês”, dirigiu-se ao departamento do Ministério Público onde Sócrates estava a ser ouvido esta segunda-feira, no âmbito de outros processos, para lhe comunicar a sua decisão.

Ainda segundo o matutino, a notificação assinada pelo juiz de instrução criminal Carlos Alexandre, terá sido enviada por fax, ao final da tarde, para o Estabelecimento Prisional de Évora, onde o antigo chefe do Governo está detido desde novembro do ano passado.

Sócrates regressou esta segunda-feira ao Campus da Justiça, em Lisboa, para ser ouvido no âmbito de dois processos de violação do segredo de Justiça. No primeiro, foi alvo de uma queixa de Mário Machado, fundador do grupo de extrema direita, Frente Nacional, que cumpre uma pena de dez anos de prisão por extorsão e outros crimes. No segundo, é igualmente testemunha num processo aberto pelo Ministério Público.

José Sócrates foi detido a 21 de novembro, no aeroporto de Lisboa, depois de uma viagem desde Paris, e está em prisão preventiva, na cadeia de Évora, desde a madrugada de 25 de novembro de 2014.

O ex-chefe do Governo socialista está indiciado de branqueamento de capitais, fraude fiscal qualificada e corrupção. (expresso.pt)

Deixe uma comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »