ONU pretende criar plano de combate ao terrorismo até o final de 2015

(© Sputnik/ Ilya Pitalev)
(© Sputnik/ Ilya Pitalev)

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, declarou que a organização está pronta para criar e apresentar ainda este ano um plano global de luta contra o extremismo.

Segundo ele, “o sistema da ONU está pronto para trabalhar na criação de um plano de uma acção global multilateral para combater o extremismo violento, que será apresentado a todos os membros da Assembleia Geral das Nações Unidas no final deste ano”.

Ban Ki-Moon observou também que como “primeiro passo” está planejada a participação de líderes religiosos de todos os países do mundo na criação de um evento especial, que será destinado a “fortalecer o entendimento e a reconciliação mútua”. Ele afirma que  a plataforma da ONU será usada para enviar uma mensagem poderosa de tolerância, solidariedade e reconciliação.

O secretário-geral agradeceu os países-membros da organização pela disposição em adoptar os passos destinados a combater o terrorismo.

Alguns destes passos citados por Ban Ki-Moon partiram da iniciativa russa. Durante esta semana, foi divulgado que o Conselho de Segurança da Organização da ONU vai adoptar uma resolução apresentada pela Rússia com o objectivo de cortar o financiamento do Estado Islâmico proveniente da venda de petróleo, do tráfico de antiguidades e do pagamento de resgates.

A resolução impõe sanções a indivíduos e entidades que estabeleçam negócios na área de petróleo com o Estado Islâmico, bem como com o seu grupo associado na Síria, a Frente al-Nusra, e com outros grupos associados à Al-Qaeda. (sputniknews.com)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »