Moxico: Repatriados aconselhados a trabalhar para o auto sustento de famílias

Ex refugiados angolanos (dw.de)
Ex refugiados angolanos (dw.de)

A directora provincial do Moxico da Assistência e Reinserção Social, Quintas Camiji Pinto, aconselhou quarta-feira, no Luena, os ex-refugiados provenientes das vizinhas Repúblicas da Zâmbia e Democrática do Congo, a trabalharem para o auto sustento das suas famílias.

Em declarações à imprensa, a responsável disse que os ex-refugiados devem sentir-se angolanos e envolverem se em actividades como agricultura, alvenaria, mecânica, entre outras áreas, depois de receberem apoios com kits de reintegração, por parte do Minars.

Lembrou que os ex-refugiados aquando da sua recepção, beneficiam de kits de reintegração e outros bens alimentares que lhes permitem subsistirem durante seis meses.

Explicou que passado este período, os compatriotas devem trabalhar para conseguir o auto sustento das suas famílias e inserir-se nas comunidades, evitando deste modo a dependência total do Estado e outras organizações filantrópicas.

A directora provincial garantiu que o seu sector vai continuar a intervenção no sector social com apoios pontuais, pelo facto de ainda existirem nas comunidades muitas pessoas que carecem de acompanhamento e apoio do Estado.

Fez saber que em 2014 foram contemplados 708 pessoas portadoras de deficiências com meios de locomoção, como cadeiras de rodas e canadianas, assim como kits de reintegração social.

No mesmo período, o Minars inseriu 709 crianças nos programas de educação pré-escolar, através do Centro Infantil Comunitário e Centro de Educação Comunitária, bem como construiu 13 casas comunitárias para idosos em alguns bairros periféricos da cidade do Luena.

No ano transacto a Direcção Provincial da Assistência e Reinserção Social, recebeu sete mil e 996 ex-refugiados angolanos, vindos da RDCongo e Zâmbia, que também foram assistidos com bens diversos para a sua reinserção. (portalangop.co.ao)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »