Medicamentos de combate à malaria lideram lista de produtos contrafeitos

(ANGOP)
(ANGOP)

A chefe de departamento de inspecção farmacêutica, Júlia Simão, afirmou sexta-feira, 20/02 em Luanda, que os medicamentos de combate à malária lideram a lista de produtos farmacêuticos falsificados, que entram no país.

“Sobre a proibição de alguns lotes de medicamentos, temos o Fluminoc, o Coartem e o Coartesiano em suspensão. Esses medicamentos são todos para o tratamento da malária”, disse.

A responsável informou por outro lado, que estão proibidas a vendas de outros medicamentos, como os anabolizantes e alguns tipos de preservativos.

“Temos os preservativos da marca Durex, o classic e pleasuremax. Todos que fazem o uso destes preservativos, por favor, prestem atenção para não termos surpresas no final. Depois, temos um suplemento alimentar utilizado, principalmente, por jovens que utilizam os ginásios, o Brutal Anadrol, que é o anabolizante. Possui uma elevada dose de ácido nicotínico, que é prejudicial à saúde”, alertou. (rna.ao)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »