Lunda Sul: Arcebispo destaca importância do INFRASAT

Arcebispo da Arquidiocese da Lunda Sul, Dom José Manuel Imbamba (Foto: Pedro Parente)
Arcebispo da Arquidiocese da Lunda Sul, Dom José Manuel Imbamba (Foto: Pedro Parente)

O arcebispo da arquidiocese da Lunda Sul, Dom José Manuel Imbamba, destacou na terça-feira, em Saurimo, a importância do sistema de telecomunicações via satélite de apoio multi-sectorial denominado ?INFRASAT” para o processo de ensino e aprendizagem na região, porque vai contribuir na investigação científica por parte dos estudantes.

Em declarações à Angop, a margem da inauguração das instalações do INFRASAT na Lunda Sul, o prelado disse que o sistema de Telecomunicação vai solucionar as principais dificuldades que os estudantes enfrentam em termos da investigação científica, porque dispõe de meios tecnológicos de última geração que facilitará na formação académica da população local.

Segundo ele, os sistemas de comunicação por satélite, dada a flexibilidade e rapidez de instalação, constituem uma importante infra-estrutura no domínio das tecnologias de informação e na melhoria da qualidade de ensino e aprendizagem da região.

Acrescentou que iniciativas do género contribuem para o alcance dos objectivos do milénio e elevam o índice de desenvolvimento humano, para o qual o acesso as tecnologias de informação e comunicação é um indicador relevante.

” As mais modernas tecnologias de informação e comunicação permitem aos usuários acesso ao conhecimento e a aprendizagem existente, colocando ao nível da população e em particular da juventude o aceso facilitado ao conhecimento gerado ao nível local e global”, realçou.

O INFRASAT permite a transmissão de dados por voz, imagem e Internet em alta velocidade e oferece possibilidades para a transmissão de sinais de rádio e de televisão.

É um sistema que visa interligar qualquer ponto do país e deverá impulsionar o desenvolvimento de sectores como da educação, saúde, cultura, defesa, administração pública, banca, aeroportos, postos fronteiriços, permitindo as operadoras de telefonia móvel aumentar a capacidade de transmissão e ampliar a sua cobertura, bem como servirá para melhorar a capacidade de conexão dos serviços de telecomunicações.

O sistema foi implementado pela Comissão Interministerial de Coordenação Geral do Projecto de Telecomunicações via Satélite de Apoio Multi-sectorial, criado pelo Chefe de Estado em 21 de Junho de 2006, e executada pela empresa Cognito Internacional. (portalangop.co.ao)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »