Habitantes da cidade capital preparam-se para o dia de São Valentim

(Foto: Jorge Monteiro)
(Foto: Jorge Monteiro)

Os cidadãos da cidade capital começaram já a escolher os presentes e a preparar vários locais de interesse turístico para comemorarem o dia de São Valentim, também conhecido como dia dos Namorados, a assinalar-se sábado (14 de Fevereiro).

A Ilha do Mussulo, situado há poucos quilómetros do centro da cidade, discotecas e jardins da cidade são alguns dos locais de diversão escolhidos pelas pessoas, maioritariamente jovens para a troca de mimos no dia de São Valentim.

Numa ronda feita pela Angop, a maioria dos jovens desta urbe preferiu indicar estes sítios como áreas propícias para passarem a vontade o Dia dos Namorados.

Manuel António, funcionário público, disse que o “14 de Fevereiro” é um dia muito esperado entre os jovens para cada um manifestar o seu amor e carinho ao seu parceiro.

O interlocutor disse ter seleccionado a Ilha do Mussulo para ficar com a sua namorada e esposa, como a considera, para fazer a troca de presentes e dialogar sobre o relacionamento.

Já Paula Gama frisou ter programado ir a casa do noivo pedir-lhe a graça de ser mãe, porque acha estar na hora de conceberem um filho para aumentar a felicidade do casal.

“Vamos nos casar em Maio deste ano e eu acho ser o momento de começarmos a formar a nossa família”, disse Paula Gama emocionada.

Por sua vez, o cidadão Guilherme Afonso fez saber que irá passar o dia na província do Huambo, numa área que conheceu e considera ser muito linda e acha ser o lugar propício para levar a sua esposa.

Guilherme Afonso reprovou o facto de muitos casais esperarem pelo dia dos namorados para manifestarem um acto de carinho para como as suas companheiras e/ou companheiros.

O jovem apaixonado enfatizou que os sonhos se tornam realidade no Dia de São Valentim, e desejou mais união e felicidade aos namorados angolanos e não só.

Por outro lado, já se nota em várias perfumarias, farmácias e boutiques a nível da cidade a venda de presentes, com destaque para flores, quadros, anéis, brincos, perfumes, entre outros brindes considerados apropriados para o dia dos apaixonados.

O Dia dos Namorados, conhecido em muitos países como Dia de São Valentim, é uma data comemorativa na qual se celebra a união amorosa entre casais.

É comemorado em Angola e em outros países do mundo, excepto no Brasil, onde é celebrado a 12 de Junho.

Diz-se que o imperador Cláudio pretendia reunir um grande exército para expandir o império romano. Para isso, queria que os homens se alistassem como voluntários, mas a verdade é que eles estavam fartos de guerras e tinham de pensar nas famílias que deixavam para trás.

Cláudio ficou furioso e considerou isto uma traição. Então teve uma ideia: se os homens não fossem casados, nada os impediria de ir para a guerra. Assim, decidiu que não seriam consentidos mais casamentos.

Os jovens acharam que essa era uma lei injusta e cruel. Por seu turno, o sacerdote Valentim, que discordava completamente da lei de Cláudio, decidiu realizar casamentos às escondidas.

A cerimónia era um acto perigoso, pois enquanto os noivos se casavam numa sala mal iluminada, tinham que ficar à escuta para tentar perceber se haveria soldados por perto.

Uma noite, durante um desses casamentos secretos, ouviram-se passos. O par que no momento estava a casar conseguiu escapar, mas o sacerdote Valentim foi capturado. Foi para a prisão à espera que chegasse o dia da sua execução.

Durante o seu cativeiro, jovens passavam pelas janelas da sua prisão e atiravam flores e mensagens onde diziam acreditar também no poder do amor.

Entre os jovens que o admiravam, encontrava-se a filha do seu carcereiro. O pai dela consentiu que ela o visitasse na sua cela e aí ficavam horas e horas a conversar.

No dia da sua execução, Valentim deixou uma mensagem à sua amiga (por quem dizem que se apaixonou), agradecendo a sua amizade e lealdade.

Ao que parece, essa mensagem foi o início do costume de trocar mensagens de amor no dia de São Valentim, celebrado no dia da sua morte, a 14 de Fevereiro do ano de 269. (portalangop.co.ao)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »