Francesa, no Iêmen, e norte-americana, na Nigéria, foram sequestradas nesta terça

Combatente xiita na capital do Iêmen (Reuters)
Combatente xiita na capital do Iêmen
(Reuters)

Uma francesa, funcionária de uma ONG no Iémen, e uma missionária norte-americana, que trabalha em uma escola na Nigéria, foram sequestradas nesta terça-feira (24) nos respectivos países por homens armados. “Todos os nossos serviços foram mobilizados para localizar e obter a libertação rápida da nossa compatriota”, informou um comunicado do Ministério das Relações Exteriores da França, que já havia solicitado aos franceses que abandonassem o Iémen, pela situação problemática do país. A capital Sana é actualmente controlada pelas milícias xiitas Houtis.

Uma fonte dos serviços de segurança do Iémen relatou que a francesa havia sido sequestrada nesta terça-feira de manhã no centro de Sana por homens armados não identificados. Ela foi capturada quando estava em companhia de uma iemenita dentro de um táxi. Elas foram levadas a um destino desconhecido.

Fechamento das embaixadas

No início de Fevereiro, a França e outros países ocidentais haviam fechado as suas embaixadas no Iémen. O governo francês havia então aconselhado os franceses a deixar o país “o mais rápido possível”. Os interesses franceses no país ficaram representados pela embaixada marroquina no país.

O presidente iemenita, Abd Rabbo Mansour Hadi, que abandonou Sana no sábado passado, disse em Aden, antiga capital do Iémen, que ele assumia as suas funções, qualificando de “nulas” todas as medidas tomadas pelos Houthis.

Norte-americana

A polícia nigeriana suspeita que o motivo do sequestro da missionária norte-americana seja um pedido de resgate. “Ela foi levada nesta terça-feira por volta das 10h”, disse o porta-voz da polícia do estado de Kogi, Sola Collins Adebayo. Os sequestradores são “homens armados desconhecidos” que foram à escola onde ela trabalha “atirando para cima para espantar as pessoas” antes de levar a mulher em direcção à savana.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »