Firefox prepara-se para dispensar a utilização do Flash Player

(pplware.sapo.pt)
(pplware.sapo.pt)

Um dos grandes problemas da Internet são algumas das tecnologias ainda usadas e que consomem recursos de forma anormal. Um desses problemas está no flash e nos conteúdos que ainda existem espalhados pela Internet.

Se a maioria dos browsers ainda depende da instalação do Flash Player, há já alguns que têm os seus players nativos. O Firefox foi o mais recente a aderir a este modelo e a sua versão Nightly tem já disponível a sua solução.
Para contornar o problema do Flash, que vai muito além do problema do consumo de recursos, a Mozilla criou uma solução que permite a todos os utilizadores acederem a estes conteúdos sem depender do Flash.

As versões Nightly do Firefox estão já preparadas para usar este componente de forma nativa e para reproduzir os conteúdos Flash.

Através da utilização do Shumway é já possível ter acesso a vários conteúdos de forma muito mais fluída e controlada dentro do browser da Mozilla.

Esta integração vai garantir que os utilizadores têm disponíveis as mais recentes versões dos players necessários para reproduzir os conteúdos Flash, mas sempre actualizados e livres de problemas de segurança.

Ao estar embebido no browser, o Shumway consegue uma integração plena e com o acesso mais controlado aos recursos que estão disponíveis, garantindo performances melhores, não apenas do próprio leitor de conteúdos Flash, mas também do próprio browser.

Apesar de estar já dentro do browser da Mozilla, o Shumway está ainda limitado nos conteúdos que consegue reproduzir e também não está activo por omissão.

Para o poderem usar precisam de aceder às definições do Firefox – about:config – e alterar o parâmetro shumway.disabled de true para false.

Existem ainda outras limitações, estando para já apenas preparado para reproduzir os conteúdos que estão na Amazon.com.

Esta mudança, que para já podem usar os utilizadores das versões Nightly do Firefox para Windows e para OSX, vem quebrar a dependência que existe do player Flash que todos nos habituámos a usar e que tantos problemas apresentam.

O Shumway chegará mais tarde às outras versões do Firefox, deixando também de estar limitadas ao Desktop, sendo alargada às versões móveis deste browser.

A chegada do Shumway vem abrir as portas para uma web ainda mais livre do Flash e de outras tecnologias que até agora a tem impedido de crescer. (pplware.sapo.pt)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »