Ler Agora:
Definição de prioridades na venda de divisas reduz tendência de subida do dólar – Paixão Júnior
Artigo completo 2 minutos de leitura

Definição de prioridades na venda de divisas reduz tendência de subida do dólar – Paixão Júnior

Paixão Júnior – PCA do Banco de Poupamça e Crédito (Foto: Antonio Escrivao/arquivo)

Paixão Júnior – PCA do Banco de Poupamça e Crédito (Foto: Antonio Escrivao/arquivo)

O presidente do Conselho de Administração do Banco de Poupança e Crédito, Paixão Júnior, confirmou quinta-feira, 12/02 em Luanda, que há um instrutivo do Banco Nacional de Angola “BNA”, que define prioridades de sectores na venda de divisa, apurou a RNA.

Paixão Júnior lembrou por outro lado, que o país não é produtor de dólares, e que a subida ou a baixa da produção de petróleo e os seus preços, têm reflexo na disponibilidade de divisas.

“O Banco Central definiu, com base nas orientações do Executivo, que as divisas seriam vendidas em função de prioridades de determinados sectores. O primeiro sector é o da importação de bens alimentares, o segundo é a área de medicamentos e em terceiro lugar está o apoio às empresas que prestam serviços ao sector petrolífero”, explicou.

Para Paixão Júnior, as recentes medidas tomadas pelo BNA, em definir sectores prioritários para venda de divisas por parte dos bancos comerciais, vão trazer de volta a baixa do preço de divisas no mercado paralelo.

“Com essa intervenção do Banco Central, daqui há uma, duas, ou três semanas, a taxa do câmbio no mercado informal vai baixar, porque ela depende dum processo que é procura e oferta. Ou seja, quanto maior for a procura, o preço sobe e se a procura for baixa, o preço desce, e se a procura for baixa no mercado informal, seguramente, daqui há umas semanas teremos um preço a entrar para normalidade”, acrescentou. (rna.ao)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »