Comando ucraniano constata diminuição das violações do cessar-fogo

(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)

Kiev – O comando militar da Ucrânia constatou nesta quarta-feira uma “diminuição significativa” das violações do cessar-fogo no leste do país, mas ressaltou que a trégua não está sendo cumprida integralmente, como exige o acordo de Minsk.

“Pelo segundo dia consecutivo se observa um diminuição significativa do número ataques das milícias contra posições das tropas e cidades”, afirmou Anatoli Stelmaj, porta-voz das forças ucranianas desdobradas na zona do conflito.

Apesar disso, o militar denunciou que das 5h de ontem até às 5h de hoje (horário local) as milícias pró-Rússia abriram fogo de artilharia e morteiros em 15 ocasiões e em outras quatro empregaram armas leves e lança-granadas.

O porta-voz acrescentou que ontem pela tarde as tropas ucranianas repeliram um ataque dos separatistas pró-Rússia próximo a Shirokino, cidade no sul da região de Donetsk, às margens do mar de Azov.

“Apesar das provocações, nossos militares mantêm suas posições e respeitam o regime de cessar-fogo ao longo de toda a linha de separação de forças”, ressaltou.

Os separatistas anunciaram ontem o começo da retirada em massa de seu armamento pesado da linha de frente de combate em cumprimento do segundo dos treze pontos do acordo de Minsk.

As autoridades de Kiev denunciaram que os deslocamentos de armamento pesado eram na realidade um reagrupamento de forças. (EFE)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »