África do Sul: Conferência internacional de minas iniciou em Cape Town

Francisco Queiros – Ministro da Geologia e Minas (Foto: Angop)
Francisco Queiros – Ministro da Geologia e Minas (Foto: Angop)

A 21ª Conferência Internacional de Minas, Mining Indaba, iniciou hoje, em Cape Town, África do Sul, com a participação de mais de sete mil profissionais de vários países ligados ao sector dos minerais.

Na cerimónia de abertura, o ministro dos Recursos Minerais da África do Sul, Ngoako Ramatlhodi , sublinhou a importância do desenvolvimento do sector dos minerais em África para o bem-estar das comunidades e dos seus colaboradores, e a sua contribuição no desenvolvimento das economias africanas, de modo a contribuir para a redução da pobreza no continente.

Depois da abertura, os debates desta 21ª conferência vão centrar-se em temas ligados à indústria petrolífera, commodities, energia, importância de investimentos futuros em África, formação de parcerias nos vários domínios, o impacto do sector dos minerais no sector privado.

Para hoje, estão igualmente previstas apresentações do Banco Mundial, um encontro com os líderes industriais do sector, assim como uma apresentação sobre as perspectivas de desenvolvimento no continente.

Está manhã o presidente do conselho de administração da Empresa Nacional de Diamantes (Endiama), António Carlos Sumbula, manteve já encontros com uma delegação da Austrália e um representante de uma das grandes empresas de lapidação da Índia.

Para hoje, está também prevista a apresentação do ministro da Geologia e Minas, Francisco Queirós num fórum de investimento.

Participam no Indaba Mining a Endiama e suas associadas, a Ferrangol e outras empresas angolanas ligadas ao sector.

A conferência de minas é um encontro que reúne anualmente empresários, investidores, governantes e industriais ligados a várias firmas mineiras do mundo, com o objectivo de capitalizar investimentos e desenvolver o sector mineiro dos países africanos.

A par da conferência, decorre a feira internacional. (portalangop.co.ao)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »