Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Advogada criação de mecanismos para catalogação das danças

0
Manuel Viera Dias, Membro da UNAC-SA (Foto: Lino Guimarães)
Manuel Viera Dias, Membro da UNAC-SA (Foto: Lino Guimarães)

O vice-presidente para a área da dança da União Nacional dos Artistas e Compositores-Sociedade de Autores (UNAC-SA), Maneco Vieira Dias, defendeu nesta segunda-feira, em Luanda, a necessidade da criação de mecanismos para a catalogação das danças nacionais, de forma a preservar a identidade angolana.

Em declarações à Angop no termo da Assembleia-Geral Ordinária da UNAC-SA, Maneco Vieira Dias defendeu esta posição pela necessidade destas ficarem registadas como uma patente angolana e posteriormente fazerem parte do acervo histórico.

“Além de transmitirmos de forma verbal aos executantes estrangeiros, é preciso que criemos outros mecanismos legais para dar a conhecer a proveniência das inúmeras danças locais, “ rebateu”.

Segundo o interlocutor, as danças nacionais, como o Kizomba e kuduro, têm tido uma repercussão muito maior em relação a música pela dinâmica da execução.

“As vezes as músicas chegam de forma tímida, mas a dança já lá está, quer dizer que estamos a dar saltos significativos resultantes de um trabalho que muitos angolanos têm estado a fazer em diversos pontos do mundo”, reforçou.

O responsável fez sabre a Kizomba actualmente é fonte de rendimento para muitos artistas das mais variadas nacionalidades. (portalangop.co.ao)

Deixe uma comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Translate »