Radio Calema
InicioAngolaDom Anastácio Cahango insta munícipes de Ambaca a participarem no desenvolvimento da...

Dom Anastácio Cahango insta munícipes de Ambaca a participarem no desenvolvimento da região

O bispo auxiliar emérito de Luanda, Dom Anastácio Cahango instou domingo os munícipes de Ambaca, província do Cuanza Norte, a colaborarem com as autoridades e participarem de forma activa no desenvolvimento sócio-económico da circunscrição.

Dom Anastácio Cahango - Bispo Auxiliar emérito de Luanda (Foto: Pedro Parente)
Dom Anastácio Cahango – Bispo Auxiliar emérito de Luanda (Foto: Pedro Parente)

Em declarações à Angop durante um encontro promovido pelos criadores de gado do planalto de Camabatela, Dom Anastácio Cahango exortou os munícipes a se transformarem em trabalhadores dedicados, evitando a dependência exclusiva das autoridades e a interiorizarem o pensamento de que o desenvolvimento e promoção da riqueza de uma sociedade, depende da força criativa do seu povo.

O prelado enalteceu o facto do município de Ambaca beneficiar da construção de um matadouro industrial que futuramente estará dotado de uma capacidade de abate de 300 cabeças de gado/dia, que considerou ser um empreendimento de capital importância para a região, visto que vai acelerar o processo de repovoamento animal em curso e fazer com que a região volte a ser uma potência em termos de produção de carne a nível nacional.

Como natural do município de Amabca, Dom Anastácio Kahango manifestou-se satisfeito com os actuais níveis de desenvolvimento da região, sobretudo em relação à construção de um matadouro industrial, que no seu entender vai impulsionar a produção de carne a nível nacional e melhorar a dieta alimentar da população, actualmente dependente de carne importada, que nem sempre são saudáveis a julgar pelos métodos de conservação adoptados para o efeito.

O prelado apelou também o engajamento das entidades envolvidas no referido investimento a promoverem o aproveitamento pleno do empreendimento, visando assegurar que o mesmo possa corresponder com os objectivos que motivaram a sua projecção.

O futuro matadouro industrial de Ambaca, em construção a cerca de dois anos numa área de mais de três mil metros quadrados, contará com uma capacidade de abate de 300 cabeças de gado/dia, entre ruminantes de grande e pequeno portes.

A construção do empreendimento custará aos cofres do Estado cerca de 24 milhões de dólares, incluindo o apetrechamento com meios técnicos de última geração. (portalangop.co.ao)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.