Radio Calema
InicioAngolaSector laboral participa em atelier sobre segurança e saúde no trabalho

Sector laboral participa em atelier sobre segurança e saúde no trabalho

Um atelier sobre segurança e saúde no trabalho foi realizado hoje, quarta-feira, no município de Viana, em Luanda, para a melhoria das condições laborais e promoção efectiva da saúde, higiene e segurança no trabalho.

Isabel Cardoso directora geral do CSST (Foto: Lino Guimaraes)
Isabel Cardoso directora geral do CSST (Foto: Lino Guimaraes)

Organizado pelo Centro de Segurança e Saúde no Trabalho (CSST) e presenciado pelo ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, órgão que tutela a referida instituição, a acção formativa contou com a participação de mais de 50 representantes de entidades patronais, organizações sindicais, directores da administração pública e da inspecção do trabalho.

Além da divulgação dos serviços prestados pelo centro, do equipamento e estruturas associadas ao mesmo, o encontro visou ainda uma maior interacção entre o público alvo e a instituição, a análise de doenças adquiridas no local de trabalho e formas de prevenção.

Na ocasião, a directora do CSST, Isabel Cardoso, realçou que as novas formas de organização no trabalho são consequência do estado da economia global e que se deve estar atento ao aparecimento de novos desafios, sobretudo no concernente a segurança e saúde no trabalho.

Deste modo, sublinhou, o grande desafio do centro é contribuir para a diminuição dos acidentes de trabalho e doenças profissionais através da melhoria das condições de trabalho, o que implica o desenvolvimento e aperfeiçoamento das metodologias próprias da saúde ocupacional, assentes nos princípios da medicina preventiva em todos os sectores de actividade da economia.

Disse que a sua instituição apetrechou-se com um número considerável de equipamentos em matéria de segurança, higiene e saúde no trabalho e que também passa a ter uma intervenção maior a nível das redes sociais, com a criação de uma página digital.

“Com a aquisição de mais uma unidade móvel, passando de duas para três, aumentamos a nossa capacidade de resposta relativamente ao número de exames de medicina do trabalho e a cobertura no espaço nacional”, avançou.

Isaber Cardoso informou que neste momento uma das unidades móveis encontra-se na localidade do Porto Amboím, província do Cuanza Sul, a realizar exames de saúde ocupacional.

No que concerne a segurança e higiene no trabalho, “podemos dizer que a actual instrumentação garantiu-nos uma boa resposta aos problemas associados a vários problemas associados aos costumes e cívicos”, enfatizou.

Revelou que também que está na forja a criação, a médio/longo prazo, de um laboratório de higiene industrial.

A vigilância da saúde dos trabalhadores  possibilita a avaliação do estado de saúde, a detecção precoce de sinais e sintomas de doença e a sua relação com a exposição profissional do trabalhador.

Esta vigilância tem como objectivo prevenir doenças profissionais e outras relacionadas com o trabalho, bem como proceder ao controlo dos acidentes de trabalho e minimizar os danos por estes provocados.

A vigilância da saúde é, desta forma, compreendida como um componente essencial à protecção da saúde dos trabalhadores e à implementação da acção preventiva no contexto de trabalho.

O CSST é uma instituição pública tutelada pelo Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS) e está vocacionado à segurança e saúde no trabalho em Angola, trabalhando actualmente com mais de 150 empresas dos mais variados ramos, como construção civil, indústria petrolífera, sector mineiro, dentre outros, tendo já avaliado desde a sua criação, em 2010, mais de 30 mil trabalhadores. (portalangop.co.ao)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.