Radio Calema
InicioMundo LusófonoPortugalPassos Coelho visita Sri Lanka antes da cimeira da CPLP em Timor

Passos Coelho visita Sri Lanka antes da cimeira da CPLP em Timor

(José Pedro Tomaz)
(José Pedro Tomaz)

Esta é a primeira visita oficial de um primeiro-ministro português ao Sri Lanka e inclui ainda a assinatura de um memorando de entendimento entre a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) e a sua congénere cingalesa

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, vai realizar uma visita oficial de um dia ao Sri Lanka, onde visitará projetos da AMI, antes de participar na X Cimeira da CPLP, em Timor-Leste, no dia 23 de julho.

De acordo com informações hoje divulgadas pelo gabinete do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho chegará à capital do Sri Lanka, Colombo, no dia 20 de julho, saindo de lá no dia seguinte para Timor-Leste – onde participará, com o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, na X Cimeira de chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

No Sri Lanka, está previsto que o chefe do executivo PSD/CDS-PP se reúna com o seu homólogo, D. M. Jayaratne, e visite projetos apoiados pela Assistência Médica Internacional (AMI), devendo ser acompanhado nessas visitas pelo presidente desta organização não-governamental, o médico Fernando Nobre.

Segundo o gabinete de Pedro Passos Coelho, esta é a primeira visita oficial de um primeiro-ministro português ao Sri Lanka e inclui ainda a assinatura de um memorando de entendimento entre a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) e a sua congénere cingalesa.

Neste país asiático, que já foi chamado de Ceilão e Taprobana, a AMI presta apoio ao Centro para a Sociedade e Religião, localizado em Colombo, e à Fundação Burgher Sri Lanka-Portugal, em Batticaloa, uma zona afetada pelo tsunami de dezembro de 2004, onde vivem lusodescendentes integrantes da comunidade Burgher.

Segundo a página da AMI na Internet, o Centro para a Sociedade e Religião procura promover os direitos humanos e encontrar soluções para os problemas da população através dos valores das quatro principais religiões praticadas no Sri Lanka: budismo, hinduísmo, cristianismo e islamismo.

Quanto à Fundação Burgher Portugal-Sri Lanka, na mesma página lê-se que a AMI promoveu a sua criação para desenvolver projetos de cariz social e cultural e desenvolver os laços entre os dois países, com prioridade para a comunidade lusodescendente, constituída por cerca de cinco mil pessoas. Em 2011, a AMI iniciou em parceria com esta fundação um projeto de ensino de língua e cultura portuguesa.

Ex-candidato presidencial, Fernando Nobre foi eleito deputado pelas listas do PSD nas legislativas de junho de 2011, tendo renunciado ao mandato depois de falhar a eleição para presidente da Assembleia da República, cargo ao qual se candidatou com o apoio de Pedro Passos Coelho.

Na altura, Pedro Passos Coelho considerou que Fernando Nobre “ajudaria o parlamento a abrir-se à sociedade civil” e lamentou a oportunidade desperdiçada de “ter um verdadeiro independente a presidir ao parlamento”. (ionline.pt)

por Lusa

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.