- Publicidade-
InicioAngolaPediatra pede uniformização na abordagem das doenças da criança

Pediatra pede uniformização na abordagem das doenças da criança

(tvsul.tv.br)
(tvsul.tv.br)

Falando no encerramanto das VIII jornadas de pediatria que decorreram de 26 a 28 deste mês no Instituto Médio Agrário de Malanje (Sector do Kessua), o responsável precisou que apesar da redução de casos de morte infantil, urge a necessidade de se trabalhar cada vez mais na melhoria do saneamento básico, abastecimento de água potável, energia e no controlo dos resíduos sólidos, cujos componentes concorrem para a diminuição da mortalidade materno infantil no país.

Fez saber que durante o evento foram analisadas em plenária várias questões que se cingiram no tratamento eficaz das patologias mais frequente nas crianças, como as diarreias agudas, malária, pneumonia meningite, acidentes e intoxicações.

Na ocasião, o Vice-Governador Provincial para o Sector Politico e Social, Manuel Campo, felicitou a sociedade angolana de pediatria (Sap), pela realização do evento que atingiu os objectivos preconizados.

Durante as VIII jornadas de pediatria os participantes oriundos de várias províncias do país, abordaram matérias relacionadas com o ensino da pediatria, o perfil do pediatra em Angola, o seu impacto na redução da mortalidade de crianças menores de cinco anos de idade e organização dos serviços de saúde.

A contribuição da Faculdade de Medicina na saúde da criança em Malanje, desafios da saúde da criança na província de Malanje e avaliação da qualidade de assistência pediátrica foram dentre outros os temas aflorados no encontro.

As jornadas foram antecipadas de pré-jornadas que visou o rastreio de casos de malnutrição em  crianças com menos de cinco anos, e na avaliação rápida do estado nutricional dos petizes, baseado no peso, altura e outros parâmetros ligados a nutrição.

O evento decorreu sob o lema “O ensino da pediatria em Angola e sua importância na sustentabilidade da municipalização dos serviços de saúde” e contou também com participação de técnicos de saúde e estudantes de medicina e enfermagem.

Eventos do género foram já realizados nas províncias de Luanda, Huila e Benguela. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.