- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Mais de 300 mil cidadãos da RD Congo regressam à pátria

Mais de 300 mil cidadãos da RD Congo regressam à pátria

(DR)
(DR)

Mais de 300 mil cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) regressaram voluntariamente ao seu país provenientes do vizinho Congo, segundo o comandante-geral da Polícia congolesa, o general Jean-François Ndenguet, citado este domingo pela Rádio Congo.

O general Jean-François Ndenguet falava sábado em Brazzaville quando fazia o balanço da operação “Mbata ya bakolo” (Bofetada dos Anciões em língua local) realizada pelo Congo contra o grande banditismo e a emigração ilegal.

« A maioria das pessoas regressou à RDC foi através de processos de regresso voluntário organizados pela Embaixada da RD Congo em Brazzaville.  Eles envolvem cerca de 153 mil famílias que englobam mais de 300 mil cidadãos que voltaram voluntariamente à pátria”, declarou o general Ndenguet.

Na operação «Mbata ya bakolo »,  quatro mil 670 cidadãos de 18 países foram presos,  dos quais quatro mil 174 por estada irregular, acrescentou.

Entre as pessoas detidas por estada irregular figuram 3.927 congoleses da RDC, dos 2.961 reconduzidos à fronteirta  de comum acordo com a Embaixada da RDC em Brazzaville, enquanto os outros, constituídos por mulheres grávidas, filhos provenientes de casamento misto, crianças e doentes, foram libertos.

« A operação não foi lançada contra uma nacionalidade particular, apesar de os cidadãos da RDC constituírem o maior grupo de pessoas presas », sublinhou o general Ndenguet.

Um total de 496 indivíduos, de todas nacionalidades, foram detidos por infrações diversas, incluindo venda e a utilização de cânhamo, posse ilegal de armas de guerra ou de armas brancas, prostituição, vagabundagem e proxenetismo.

A operação « Mbata ya bakolo » provocou a deterioração das relações entre o Congo e a RD Congo.

Ela vai continuar na próxima semana nas cidades de Ponta Negra, principal centro económico e industrial do Congo, Dolisie (terceira cidade) e Nkayi (quarta cidade), no sul do Congo, afirmou o diretor da Polícia congolesa, afirmou o comandante-geral da Polícia congolesa.  (panapress.com)

- Publicidade -
- Publicidade -

Polícia cubana detém activistas entrincheirados em protesto pela condenação de um colega

Seis membros do grupo San Isidro estavam em greve de fome Um grupo de artistas cubanos que estava entrincheirado há 10 dias numa casa do...
- Publicidade -

JLo: Propaganda e Culto da Personalidade

"João Lourenço: Contigo é Possível". Foi este o slogan escolhido pelo MPLA para uma intensa campanha nas redes sociais nos últimos dias. Vinha junto...

Trump admite deixar a Casa Branca se o Colégio Eleitoral votar em Joe Biden

Presidente reiterou "fraudes massivas" e disse que "somos um país do terceiro mundo" O Presidente americano Donald Trump disse que deixará a Casa Branca se...

Covid-19. Cuba anuncia duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos

Cuba anunciou quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projectos de vacinas contra a Covid-19, que aumentam para quatro o número de...

Notícias relacionadas

Polícia cubana detém activistas entrincheirados em protesto pela condenação de um colega

Seis membros do grupo San Isidro estavam em greve de fome Um grupo de artistas cubanos que estava entrincheirado há 10 dias numa casa do...

JLo: Propaganda e Culto da Personalidade

"João Lourenço: Contigo é Possível". Foi este o slogan escolhido pelo MPLA para uma intensa campanha nas redes sociais nos últimos dias. Vinha junto...

Trump admite deixar a Casa Branca se o Colégio Eleitoral votar em Joe Biden

Presidente reiterou "fraudes massivas" e disse que "somos um país do terceiro mundo" O Presidente americano Donald Trump disse que deixará a Casa Branca se...

Covid-19. Cuba anuncia duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos

Cuba anunciou quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projectos de vacinas contra a Covid-19, que aumentam para quatro o número de...

Amor em tempos de cólera

Inspirados pela magia literária de Gabriel Garcia Marquez, acreditamos na nova aurora de liberdade proclamada em 2017 pelo Presidente João Lourenço, mas, três anos...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.