InicioDesportoFutebol: Crise agudiza-se no Benfica do Lubango

Futebol: Crise agudiza-se no Benfica do Lubango

Lubango – Depois de ter falhado o jogo da 16ª jornada do Girabola, em Cabinda, contra o Sporting local, a crise financeira no Benfica do Lubango ainda está sem vim à vista e agudiza-se cada vez mais, pelo que o clube deve anunciar até ao dia 15 de Julho se desiste da prova, soube hoje, a Angop, na capital huilana.

 Huila: Equipa principal do Benfica do Lubango (Foto: Morais Silva)

Huila: Equipa principal do Benfica do Lubango (Foto: Morais Silva)

o vice-presidente para o futebol dos “Encarnados da Chela”, Jaques da Conceição, disse que a equipa não deslocou-se a Cabinda por dificuldades financeiras e não o fará nos próximos jogos, caso prevaleça a situação a que está voltada.

Segundo a fonte, até agora o patrocinador oficial, a Sonangol Pesquisa e Produção, disponibilizou apenas um quarto do orçamento anual, ou seja, correspondente a um trimestre, o que equivale a 25 milhões de Kwanzas, valor que serviu para dar arranque à temporada.

Jaques da Conceição afirmou que actualmente a dívida para com funcionários, jogadores e outras fixam-se na ordem dos 33 milhões Kwanzas e que há apenas condições para se fazerem os jogos em casa até ao dia 15 de Julho, findo este prazo, anunciar-se-á a desistência, caso não hajam alterações do quadro.

Ainda assim, o entrevistado afirmou que manteve esta manhã uma conversa por telefone com alguém responsável pela alocação das verbas, que nada prometeu.

“Ainda temos esperança, mas afirmo que a situação é insustentável”, concluiu.

O clube recebe anualmente cem milhões de Kwanzas do patrocinador oficial.

O Benfica do Lubango ocupa actualmente a 15ª posição, com nove pontos, fruto de duas vitórias e três empates. Em 15 jogos, marcou dez golos e sofreu 26. (portalangop.co.ao)

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.