- Publicidade-
InicioCulturaFenacult servirá para desenvolvimento e preservação das artes angolanas

Fenacult servirá para desenvolvimento e preservação das artes angolanas

O coordenador da comissão organizativa do II Festival Nacional de Cultura (Fenacult-2014), Jorge Gumbe, advogou hoje, segunda-feira, em Luanda, que o evento visa a preservação e desenvolvimento das artes, da cultura e as tradições das diferentes comunidades.

Jorge Gumbe, corrdenador do fenacult 2014 (ANGOP)
Jorge Gumbe, corrdenador do fenacult 2014 (ANGOP)

O II Festival Nacional de Cultura será realizado de 30 de Agosto a 20 de Setembro do ano corrente, com várias actividades culturais pelo país sob o lema “A cultura como factor de paz e desenvolvimento”, numa organização do Ministério da Cultura.

Segundo o responsável, que falava na apresentação do programa do Fenacult-2014, pretende-se que seja o momento mais alto de celebração e exaltação da cultura angolana, bem como criar uma plataforma de interacção, intercâmbio e divulgação do rico e diversificado património cultural do país.

“Serão realizadas actividades em simultâneo em todo país, com o envolvimento dos órgãos e serviços públicos, da sociedade civil e em particular as associações, as organizações não governamentais e as empresas públicas e privadas”, adiantou.

Jorge Gumbe explicou que a comissão executiva do Fenacult deverá exercer tarefas de organização e sensibilização junto das populações no país e na diáspora, para que todos contribuam para a realização dos objectivos preconizados.

Disse que a organização preparou todo tipo de actividades culturais como palestras, espectáculos músico-culturais, colóquios, mesas redondas, conferências, mostras de artes visuais, cinemas, exposições museológicas e documentais, danças tradicionais, modernas, entre outros. (portalangop.co.ao)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.